Paraisópolis realiza exposição “Motoboys do Brasil”

Marcados pela mobilidade e velocidade, os motoboys brasileiros emergem como protagonistas. Suas jornadas, uma vez obscurecidas, agora ganham destaque como verdadeiros heróis do dia a dia.

0
171

Paraisópolis realiza exposição “Motoboys do Brasil”.

Paraisópolis realiza exposição “Motoboys do Brasil” sediado no Pavilhão do G10 Favelas

Projeto revela histórias de motociclistas brasileiros em livro, exposição e documentário

Marcados pela mobilidade e velocidade, os motoboys brasileiros emergem como protagonistas. Suas jornadas, uma vez obscurecidas, agora ganham destaque como verdadeiros heróis do dia a dia.

O projeto “Motoboys do Brasil”, uma ação da produtora Barro de Chão, traz essas narrativas à luz por meio de diferentes formatos, composto por livro, documentário e exposição itinerante. A iniciativa tem patrocínio da Mobil™, uma empresa líder no setor de lubrificantes. O projeto é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, e o lançamento nacional aconteceu na manhã desta quinta-feira (13), no Pavilhão Social do G10 Favelas em Paraisópolis (SP).

O livro “Motoboys do Brasil” oferece uma perspectiva atual da profissão e inclui relatos pessoais e culturais de motoboys por todo o país, como o de Orlando Padilha Júnior, conhecido nas ruas como Landinho. Motoboy paulista que divide sua rotina nas pistas com o serviço voluntário em um hospital infantil da capital paulista afirma que “por trás de muitos capacetes tem um cara incrível, que cuida da família, que leva o pão e que está sempre de olho numa oportunidade de ajudar”.

Paraisópolis realiza exposição “Motoboys do Brasil”

Paraisópolis realiza exposição "Motoboys do Brasil".

O material coletado é parte de uma exposição itinerante e uma plataforma digital acessível gratuitamente no canal do projeto no YouTube. De acordo com Mauro Rossi, CEO da Barro de Chão, “Motoboys do Brasil” cumpre a missão de reconhecer e valorizar a vida desse segmento social, cultural e profissional tão importante para a sociedade brasileira.

Uma das maiores comunidades de São Paulo, Paraisópolis, localizada na região sul da capital, é um celeiro de empreendedores sociais, culturais e individuais, como os motoboys. Um retrato de muitas favelas do Brasil, reduto que acolhe pessoas de regiões diversas do país, é um exemplo de organização social de fomento à cultura e a inclusão.

Segundo o produtor executivo Mauro Rossi, esta foi uma das premissas que nortearam a escolha do local para abrigar o lançamento oficial do livro, exposição e documentário Motoboys do Brasil.

“As pessoas reunidas nas favelas das periferias do país têm demonstrado força e talento para transformar sua realidade, se mobilizando, aprendendo e empreendendo nos próprios espaços que ocupam, sem perder sua essência. Paraisópolis é um exemplo deste movimento capaz de receber um trabalho de viés nacional, atraindo pessoas e olhares para esse território”, declara Mauro Rossi.

Parceria com o G10 Favelas

O evento é realizado em parceria com o G10 Favelas – bloco de Líderes e empreendedores de impacto social nas favelas do Brasil Ou seja, que tem como propósito inspirar o país a lançar um novo olhar para as periferias. Assim, tornando as comunidades grandes polos de negócios e atrativo para investimentos. Em Paraisópolis, o coletivo já realizou importantes iniciativas como o programa de revitalização Cores da Favela. Assim como, a primeira agência do G10 Bank, banco digital para pessoas físicas e jurídicas moradoras das favelas.

“Queremos derrubar muros, unir propósito e narrativas. Ou seja, lutamos a vida toda para nos distanciar de estereótipos, acabar com as assimetrias. Portanto, projetos como este contribuem para encurtar essas distâncias sociais. E mostrar que, unindo esforços, podemos transformar a vida de muitos”, diz Gilson Rodrigues do G10 Favelas.

A mostra “Motoboys do Brasil” ficará em cartaz até 17 de julho no Pavilhão Social do G10 Favelas. Com sessões de exibição do documentário e visita guiada à exposição. Ainda em julho, o projeto segue para lançamento na região Nordeste, na cidade de Ilhéus, Bahia.

SERVIÇO:

Projeto “Motoboys do Brasil” – Livro, Exposição Fotográfica e Documentário. Produzido pela Barro de Chão. Viabilizado com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). Patrocínio dos Lubrificantes Mobil™.
DATAS: de 13/06/24 a 17/07/24 – de segunda a sexta-feira
Horário: das 9h às 17h
Entrada: gratuita
Local: Pavilhão Social do G10 Favelas

Fonte: Assessoria de Imprensa / Divulgação
Fotos: 
Divulgação
Edição: Redação Na Mídia

Então, não deixe de ler:Tenor Felipe Menegat realiza show em prol do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui