Quer ser feliz? Adote um vira-lata

Referência na causa animal, o parlamentar tem a parceria do Instituto Eu Luto Pelos Animais (Elpa), que cuida atualmente de 850 animais, vítimas de maus tratos, que estão para adoção.

0
190

Quer ser feliz? Adote um vira-lata.

Quer ser feliz? Adote um vira-lata: Campanha encabeçada pelo deputado Rafael Saraiva visa estimular a adoção de animais trazidos do Rio Grande do Sul para São Paulo

Com o objetivo de estimular a adoção de cães e gatos, o deputado estadual Rafael Saraiva (União/SP) encabeça a campanha “Quer ser feliz? Adote um vira-lata”, que deverá tomar conta das redes sociais e ruas de São Paulo nos próximos dias.

Referência na causa animal, o parlamentar tem a parceria do Instituto Eu Luto Pelos Animais (Elpa), que cuida atualmente de 850 animais, vítimas de maus tratos, que estão para adoção.

Na tarde desta quarta-feira (3), um ônibus desembarcou em São Paulo com mais de 30 animais “órfãos” da tragédia que assolou o Rio Grande do Sul, totalizando 100 animais resgatados.

O transporte do veículo e insumos para os animais ainda contou com a parceria do deputado federal Marangoni (União/SP), que também já havia realizado campanhas para arrecadação de alimentos e rações, junto a empresários da cidade.

Quer ser feliz? Adote um vira-lata.

Quer ser feliz? Adote um vira-lata.

“As pesquisas mostram o quanto os vira-latas ainda são a maioria nos lares brasileiros. Eles são alegria, alento e ajudam até com a saúde mental. Mas também precisam ser cuidados. Muitos destes animais que temos para adoção já sofreram muito, são de resgates que fizemos por meio de políticas públicas voltadas para o cuidado e bem-estar animal.

Outros como esses que chegaram hoje sofreram com a tragédia do Rio Grande do Sul. Alguns não sobreviveram, outros contam com a nossa ajuda para isso. E sabemos da alegria que eles trazem para o lar, ela é mútua”, disse Saraiva.

Dados

Pesquisa divulgada pela Quaest mostra que cerca de 94% dos brasileiros têm ou já teve animais de estimação em casa — 72% das pessoas convivem com um bichinho de estimação, enquanto 22% já conviveu e 6% nunca teve um pet para chamar de seu.

Além disso, metades dos tutores disseram ter adotado seu animal de estimação. Para 28% das pessoas, o pet foi dado como presente e 22% disseram ter comprado o animal.

Desse total, 32% dos cachorros e 52% dos gatos com dono são Sem Raça Definida (SRD), os vira-latas.

Informações sobre adoções e próxima ação pelo site: ielpa.com.br

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Fotos: Divulgação
Edição: Redação Na Mídia

Então, não deixe de ler:Tenor Felipe Menegat realiza show em prol do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui