pagamento nfc-namidia-divulgaçao

Pagamento por aproximação evitando contágio. Tire suas dúvidas sobre o NFC, o pagamento recomendado durante o surto de COVID-19.

Como atualmente, estamos vivendo a pandemia do Covid-19, mais conhecido como Corona Vírus, muitos estabelecimentos estão tomando certas medidas para evitar que o contágio da doença atinja níveis extremos.

Uma dessas é o pagamento por aproximação, o NFC, que faz com que o cartões de crédito, cartões de supermercado, cartões de lojas de departamento, nem precise ser utilizados no momento das compras, permitindo o pagamento com apenas o toque, evitando assim o contato entre o cliente e o comerciante.

Você sabe como funciona esse meio de pagamentos? Confira mais sobre a tecnologia e tire suas dúvidas!

O que é NFC?

A NFC, Near Field Communication, ou comunicação de campo próximo, é uma tecnologia que permite o pagamento por aproximação.

Ela já funciona há mais de dez anos no Brasil, porém, ainda existe um certo receio quanto à sua segurança que impedem ainda mais o crescimento dessa prática de pagamento.

Pagamento por aproximação evitando contágio

pagamento nfc-namidia-divulgaçao

A NFC está presente no dia a dia mais do que se imagina, por exemplo, ao liberar uma catraca do ônibus ou a entrada em um prédio por aproximação de um cartão, é essa tecnologia que está sendo utilizada.

Ela é um serviço de comunicação sem fio em que dois dispositivos são capazes de trocar informação com uma distância de alguns centímetros.

Para pagamentos, a NFC pode ser realizada por aproximação de cartão, celulares ou relógios em máquinas que estejam habilitadas para esse tipo de transação e os dados são transmitidos por aproximação.

A solução elimina burocracias e uso de cabos ou fios nas transações, tornando-as mais rápidas, práticas e seguras.

Como funciona o pagamento com a NFC?

Aproximação com celular

Para utilizar o pagamento pelo celular é preciso verificar se o modelo do seu smartphone possui a conexão NFC.

Em caso positivo, o usuário deve cadastrar o cartão de pagamento em uma plataforma de pagamento disponível, como Google Pay, Apple Pay ou Samsung Pay.

Após fazer o cadastro, basta verificar se o lugar da compra aceita esse pagamento e solicitar que a conclusão da compra seja feita por aproximação na máquina.

Para desbloquear o pagamento no celular pode ser necessário colocar a impressão digital ou a senha e aproximar o celular da máquina que o pagamento será realizado rapidamente.

Aproximação com pulseira

Outra opção da NFC é o pagamento com pulseiras, em que também não é necessário que o cartão esteja perto.

Alguns emissores de cartão de crédito disponibilizam essa opção, como Santander Pass, Visa Bradesco, Pulseira Ourocard, entre outras.

O pagamento se assemelha ao do celular e é preciso avisar o lojista essa forma de pagamento.

Em alguns casos, é necessário digitar a senha caso o valor gasto dessa maior do que o valor estabelecido pelas empresas de pagamento, normalmente em torno de R$50,00.

Cartão de crédito

Também é possível fazer o pagamento por aproximação com o próprio cartão de crédito.

Basta aproximá-lo da máquina que aceita a tecnologia e encostar para concluir a compra.

Os cartões com chip possuem essa função de aproximação e a tendência é que seja padrão em todos os cartões emitidos.

Dessa forma, o cartão não precisa ser inserido na máquina e se não ultrapassar o valor mínimo de compra, não precisa de senha.

O pagamento por aproximação é seguro?

Uma das maiores preocupações das pessoas com esse tipo de pagamento é em relação a sua segurança.

Então, não se preocupe, o pagamento por aproximação é até mesmo mais seguro do que o pagamento tradicional com cartão de débito ou crédito e senha.

Para cada compra feita com a NFC é gerado uma criptografia, ou seja, um embaralhamento das informações concedidas, que protege os dados do seu cartão dificultando a clonagem e o acesso às informações.

O sistema é protegido também para caso de duplicidade de pagamento, o que não acontece em pagamentos tradicionais nas maquininhas.

Além disso, existe outra forma de proteção que é o valor mínimo para compras sem senha.

Portanto, se você ultrapassa esse valor, a senha é pedida na maquininha para evitar fraudes.

E, quando a tecnologia não estiver sendo utilizada é preciso que o usuário tenha atenção para encerrar o aplicativo para evitar a exposição de seus dados.

Ter um cartão de crédito e débito já é melhor do que carregar dinheiro, imagina então não precisar nem utilizar o cartão para fazer suas compras?

Agora que você sabe mais sobre essa tecnologia e sua segurança, que tal conferir se seu cartão ou celular possui essa opção de pagamento? Boas compras!

Leia também: Digitalização aproximando pessoas e gerações

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here