Inadimplentes podem agora renegociar com Serasa. A Serasa lança a partir de hoje (16) uma ação para facilitar o pagamento de dívidas, com desconto de até 50% nos valores devidos.

Segundo a consultoria, a ação tem potencial para que até 20 milhões de consumidores deixem de ter o nome negativado.

A iniciativa possibilita justamente, a renegociação de dívidas especialmente com lojas, bancos e empresas de telefonia e internet.

As renegociações acontecem exclusivamente com dois parceiros da Serasa: a Ativos S.A e a Recovery.

Para consultar as possibilidades de negociação, o consumidor deve acessar a plataforma da Serasa Limpa Nome.

Inadimplentes podem agora renegociar com Serasa

Lá é possível consultar do mesmo modo, se há dívidas pendentes a partir do número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

É possível também fazer a negociação por aplicativo de celular.

Inadimplentes podem agora renegociar com Serasa

Inadimplência

Segundo balanço divulgado no início do mês pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 26,7% das famílias brasileiras tinham contas em atraso em agosto e 67,5% estavam do mesmo modo,  endividadas.

O Brasil tem milhões de consumidores inadimplentes, segundo o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor.

Em grande parte, o desemprego assim como, as crises econômicas são situações que mais afetam o orçamento das famílias.

Mas o que significa inadimplência e como ela afeta sob o mesmo ponto de vista, o dia a dia das pessoas?

A inadimplência é portanto, o não pagamento de uma conta ou dívida.

Assim, o consumidor inadimplente é aquele justamente,  que está com uma dívida em aberto.

Ficar inadimplente e ter o nome na Serasa, além de restringir diretamente o acesso ao crédito e desorganizar a vida financeira das famílias, também afeta o score de crédito do consumidor.

“Vale lembrar que cada caso é um caso.

A elevação ou decréscimo do score após entrada ou saída da lista de inadimplentes dependerá de uma série de fatores.

Entre eles estão o valor da dívida, quantidade de parcelas em atraso e quanto tempo aquele CPF permaneceu na lista de inadimplência”, explica Carolina Aragão, diretora do SerasaConsumidor, conclusivamente

*Matéria editada para acréscimo de informações.

Fonte: Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil – São Paulo Edição: Fernando Fraga

Foto: Marcello Casal Jr. / Ag Brasil

Leia também: Signo Ascendente é linha do horizonte no Mapa Astrológico

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here