Anúncio Na Mídia

Streaming direcionada ao cinema independente e autoral. Supo Mungam Films lança plataforma brasileira de streaming focada em cinema independente e autoral. Assim, o Supo Mungam Plus estará disponível a partir de 16 de dezembro com filmes contemporâneos à obras clássicas e restauradas.

Com um catálogo de filmes contemporâneos e também de joias clássicas e obras restauradas do mundo inteiro de diretores e diretoras renomados e de novas vozes do cinema mundial, a Supo Mungam Films lança no dia 16 de dezembro, como extensão do trabalho da distribuidora, a “Supo Mungam Plus” – plataforma brasileira de streaming focada em cinema independente e autoral.

Uma dedicada curadoria trará todo mês novidades para os assinantes, além de filmes exclusivos, premiados e exibidos nos maiores festivais do planeta como Cannes, Berlim e Veneza. Entre os títulos já confirmados, estão “O Doce Amanhã” e “Exótica” de Atom Egoyan, “Filhos da Guerra” de Agnieszka Holland, “Quando Éramos Bruxas” de Nietzchka Keene e estrelado pela cantora Björk, “Wendy e Lucy” de Kelly Reichardt, “Bamako” de Abderrahmane Sissako, “O Funeral das Rosas” de Toshio Matsumoto, “Em Trânsito” de Christian Petzold, “Body” de Malgorzata Szumowska, “Uma Questão Pessoal” de Paolo & Vittorio Taviani, “Verão 1993” de Carla Simón, “A Camareira” de Lila Avilés, “Um Homem Fiel” de Louis Garrel, “Aqueles Que Ficaram” de Barnabás Tóth, “Nico, 1988” de Susanna Nicchiarelli, e dezenas de outros filmes.

Streaming direcionada ao cinema independente e autoral

Streaming direcionada ao cinema independente e autoral

Disponível para qualquer cidade do Brasil, tendo um acesso de forma simples e online através de uma assinatura, a plataforma Supo Mungam Plus surge como uma janela cinematográfica virtual para diversas histórias e culturas de mais de 20 países como França, Japão, Alemanha, Mali, Estados Unidos, China, Polônia, Itália, Austrália, México, Islândia, Tunísia, República Tcheca, Espanha, Canadá e muitos outros.

“A criação da nossa plataforma de streaming é uma ideia que tenho desde 2017 e com o início deste projeto, uma extensão do nosso trabalho como distribuidora de filmes independentes, queremos apresentar esses filmes para novos públicos assim como para quem deseja revê-los. É muito importante para mim, como mulher, também mostrar obras incríveis de grandes diretoras. Existem muitos filmes que merecem ser vistos, e às vezes ficam escondidos ou passam despercebidos, e nossa intenção é promover eles através da plataforma, para que se conectem com as pessoas,. Pois acreditamos que podem fazer parte da vida delas, assim como fazem da nossa”, observa Gracie Pinto, diretora da Supo Mungam Films.

Streaming direcionada ao cinema independente e autoral

A plataforma oferece 7 dias grátis para o assinante. Através de uma assinatura mensal ou anual realizada no próprio site da plataforma (www.supomungamplus.com.br), o assinante terá acesso ilimitado para todos os conteúdos da plataforma. Dessa forma,  podendo assistir onde e como quiser: no computador, smartphone, tablet ou TV com os dispositivos conectados à internet. E, igualmente, todos os filmes possuem legenda e estão disponíveis em full HD.

Sobre a distribuidora

A saber, a Supo Mungam Films é uma distribuidora de filmes independentes, criada em 2014 por Gracie Pinto e Pedro H. Leite. Assim, com o objetivo de trazer ao público brasileiro obras incríveis e inesquecíveis do cinema internacional, ajudando na formação de público. Da mesma forma, ampliando os horizontes com histórias e culturas diversas, através da linguagem única do cinema.

Entre os principais focos da distribuidora, desde sua criação, são filmes com direção de mulheres, por novas vozes do cinema, por diretores e filmes com temas de grande importância para nossa sociedade, assim como grandes obras cinematográficas.

A origem do nome Supo Mungam vem de “magnum opus” (obra-prima, em latim). Cinema é arte, é cultura, é vida!

 

 

 

Por: Eliz Sousa

Fotos: Divulgação / Baobá Comunicação

Fonte: Alessandra Lima /  Assessoria de Imprensa

Não deixe de lerO jornalismo brasileiro não pode ficar isolado

Veja ainda nosso ebook: Segredos da Lei da Atração

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here