Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar? Sabonetes em barra x bactérias x sabonete líquido. Qual o mais higiênico?

O momento do banho, sem dúvida, está relacionado com a manutenção da higiene do corpo e, consequentemente, da saúde.

Então, neste momento, temos que ter uma série de procedimentos que visam esta nossa higiene, como preparar higienicamente o banho da próxima pessoa que irá utilizar o chuveiro.

Pelo aspecto higiênico, existe muito mais possibilidades do sabonete em barra albergar germes do que os sabonetes líquidos,  tendo em vista o contato direto com o corpo.

Na formulação normal dos sabonetes é adicionado uma substância bacteriostática  que é direcionada a segurar o crescimento das bactérias inoculadas durante o uso, mas numa concentração que não chega a matar estas bactérias.

O sabonete líquido funciona do mesmo modo mas não existe o contato direto com o corpo, ou seja,  não havendo contaminação pelo toque. 

Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

Existe a possibilidade da transmissão de germes patogênicos, como por exemplo HPV, isto é 10% dos casos de HPV são transmitidos não sexualmente, mas por objetos como toalhas, cadeiras,  sabonetes, etc.

Além de dermatites, micoses entre outras infecções de pele. Não existe nenhuma vantagem prática na utilização dos chamados sabonetes bactericidas ou antibacterianos, podem transmitir estas infecções, do mesmo modo.

Inclusive, a utilização constante de sabonetes bactericidas pode fazer mais mal do que bem, pois podem atuar sobre a microbiota residente, isto é, germes que residem normalmente em sua pele exercendo papel de proteção contra a ação de microorganismos patogênicos (que podem causar doenças).

Poderíamos até falar que o sabonete líquido possui menos bactérias que o sabonete em barra, porém, não devemos esquecer que geralmente, utilizamos esponjas junto com sabonetes líquidos.

Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

Assim, naturalmente, perguntamos: Qual o estado da esponja que vai ser utilizada?

Na prática, dificilmente nós vamos pegar uma infecção ou doença por utilizar um sabonete em barra ou líquido. Assim, basta seguir alguns preceitos e regras higiênicas no banho

  • Ao iniciar o banho gastar um pouco o sabonete em água corrente (chuveiro)
  • Utilizar água a temperatura adequada, agradável ao toque, nunca muito quente pois diminui a
    resistência da pele
  • Ensaboar normalmente e enxaguar adequadamente
  • Não permanecer muito tempo no chuveiro
  • Limpar o sabonete, gastando novamente em água corrente e eliminando pelos ou sujidades
    visíveis
  • Utilizar as toalhas de banho individualmente e devemos trocá-las a cada 2 dias
  • Evite estrados plásticos nos pisos dos chuveiros pois dificilmente são higienizados corretamente
  • Nos casos especiais de pessoas com HPV (verrugas), micoses, dermatites ou outras infecções de pele. Seguir as recomendações médicas e usar um sabonete individual por ocasião da doença ou durante o tratamento

 

Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

 

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Divulgação

Portanto, não deixe de ler: Dr. Bactéria comemora 40 anos de carreira

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here