Existem várias raças de cachorros, alguns pequenos, outros bem grandes. O detalhe, que até você já deve ter reparado é que, em sua grande maioria, são estrangeiras. No entanto, também existem raças de cães brasileiros, inclusive, 100% nacionais.

Esse é o caso do Fox Paulistinha, também conhecido como Terrier Brasileiro, que chegou ao país entre o final do século 19 e começo do século 20.

Como surgiu o Fox Paulistinha

No passado, era comum que os filhos de grandes fazendeiros fossem estudar fora do país e, quando retornavam ao Brasil para assumir as terras, já estavam casados. Suas esposas tinham um pet como companhia, geralmente, um cão da raça Terrier.

Com o tempo, os Terriers originais foram se misturando a outros cães brasileiros e assim ganhando as características do Fox Paulistinha.

Esta é apenas uma das teorias. Outras afirmam que os cães originais, que deram origem a raça, eram o Jack Russel Terrier e o Fox Terrier.

Estes cães teriam vindo com a corte portuguesa e ao cruzarem com cães brasileiros, resultaram no tão querido Fox Paulistinha.

De onde veio o nome da raça

Fox Paulistinha. Você já se perguntou porque este cão é chamado assim? Ok, algumas pessoas o definem como um Terrier Brasileiro, mas se quer ter certeza de qual cachorro está falando, o nome Fox Paulistinha é mais popular. E sua origem é bastante interessante.

Se você já observou este cão de perto, deve ter percebido que sua pelagem é branco, preto e vermelho. E a que isso remete? Exatamente, às cores da cidade de São Paulo. Por isso, o cachorro passou a ser chamado de Paulistinha.

Guia completo sobre o Fox Paulistinha, a raça 100% brasileira

Cuidados e expectativa de vida

Os cuidados com o Terrier Brasileiro são bastante simples. É um cão bastante saudável, alegre e divertido. Os banhos devem ser dados, sempre que for preciso ou a cada 15 dias, na hora mais quente do dia. Use sabão neutro ou apropriado para cães.

Quando a escovação, apesar de ter pelos mais curtos, é recomendado passar um pente ou usar a luva de borracha, para retirar os pelos mortos. Deve-se vermifugá-los, para mantê-los livres de parasitas e ter atenção quanto as pulgas.

Apesar de ser um cão pequeno, seu temperamento é agitado, por isso, necessita de brincadeiras e passeios para gastar energia. Seu peso fica entre os 6,5 Kg e 10 Kg e a expectativa de vida é de 13 a 18 anos.

Quanto a alimentação, o ideal é apostar na ração para raças pequenas. Se desejar, é possível incluir alguns alimentos saudáveis na rotina do cão, como frutas e legumes crus.

O Fox Paulistinha não tem tendência a ter doenças, sua grande preocupação deve ser de manter as vacinas em dia, para evitar as enfermidades que podem atingir qualquer cão.

Dentre problemas mais específicos que o animal pode desenvolver, estão as alergias, a sarna demodécica, a luxação da patela (devido a gostarem de correr e pular) e a mordida incorreta. Esta última, em muitos casos, é corrigida naturalmente, assim que o cão cresce.

Comportamento da raça

É um cão para quem quer um companheiro para todo momento, gosta de brincar com o pet e busca um animal inteligente. Quem tem filhos e deseja um animalzinho para fazer companhia às crianças, também pode contar com o Fox Paulistinha, que se dá bem com os pequenos.

Vale lembrar que é um cão que tem tendência a latir, então é preciso adestrá-lo e incluir uma distração na rotina, caso a ideia seja viver em apartamento com o pet.

Como são cães mais agitados, não é recomendado mantê-los em apartamentos, mesmo sendo uma raça de pequeno a médio porte.

Quem tem uma rotina que permite passear todos os dias e brincar com o Terrier Brasileiro, até pode arriscar criá-lo em apartamento. Ainda assim, o ideal é que ele tenha um quintal só para ele, para correr, brincar e escavar à vontade.

Características deste cão

  • Pelagem lisa, curta, com coloração tricolor;
  • Raça que gosta de atividade física intensa;
  • Cão esperto, alegre e ativo;
  • Muito inteligentes;
  • Tamanho: Entre 33 e 40 centímetros (os machos costumam ser um pouco maiores que as fêmeas);
  • Curioso e amigável;
  • Adapta-se ao calor;
  • Tem bom relacionamento com seu dono e com crianças,
  • Tendência a latir bastante.

E este é o Fox Paulistinha, uma raça divertida e perfeita para fazer parte da família.

Leia também: Quer estudar nos Estados Unidos? Veja dicas de como fazer

5 COMENTÁRIOS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here