Em junho, Fábricas de Cultura tem programação especial

0
Em junho, Fábricas de Cultura tem programação especial

Saraus, bate papo, oficinas e festejos juninos são alguns dos temas das atividades 

No mês de junho a priori, , as Fábricas de Cultura das regiões norte e sul da cidade, instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

outrossim, gerenciadas pela Poiesis, realizam em suas bibliotecas dezenas de atividades que prometem agradar o público.

Entre os destaques, estão as comemorações juninas, assim como, oficina Reroupa, que ensinará os participantes a criarem novos itens a partir de peças antigas.

Ilustrando portanto, literatura de cordel, Saraus Juninos, com foco na literatura de cordel, Oficina de Criação de Zine e muito mais.

Veja abaixo inicialmente, a programação completa.

RODA DE CONVERSA COM LUZ RIBEIRO

07/06, quarta às 15h00 – Jaçanã

08/06, quinta às 15h00 – Vila Nova Cachoeirinha

09/06, sexta às 15h00 – Brasilândia

Em junho, Fábricas de Cultura tem programação especial

Participante de saraus e slam’s da cidade de São Paulo, Luz Ribeiro escreve desde que foi alfabetizada e não se acha poeta, sonha com o dia que será poesia.

Autora dos livros Eterno Contínuo (2013), Espanca (2017) e Estanca (2017), foi campeã do “Off Flupp 2015” e do “Slam BR 2016”.

Além de representar o Brasil no campeonato de Slam mundial, realizado da mesma forma,  em Paris.

Na atividade, a artista contará sobre sua trajetória e as dificuldades de se inserir no mercado literário sendo mulher negra.

ILUSTRANDO LITERATURA DE CORDEL

20/06, terça às 10h00 – Brasilândia

Com o objetivo de aprofundar o contato dos participantes com a literatura, na atividade os responsáveis pela biblioteca utilizam a literatura de Cordel como fonte de estudo e desenvolvimento das ilustrações confeccionadas com materiais sustentáveis.

CONHECENDO FESTEJOS JUNINOS

20/06, terça às 15h00 – Vila Nova Cachoeirinha

Os festejos juninos do formato que conhecemos passaram por diversas transformações, com elementos dos povos célticos, indígenas, católicos entre outros.

Que tal conhecer mais a respeito deste evento cheio de características próprias sob o mesmo ponto de vista, de cada região do Brasil.

E justamente,  refletir sobre os estereótipos trazidos pela sociedade acerca destas festas?

SARAU JUNINO

21/06, quarta às 14h30 – Capão Redondo também.

23/06, sexta às 14h30 – Brasilândia, conclusivamente.

Leia também: Soja sustentável apoiada pelo Banco Mundial

 

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here