Home Estilo de vida Comportamento Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

0
Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia? Veja neste artigo como estão os relacionamentos em tempos de pandemia. Será que as paixões continuarão presentes? Será que teremos muitos términos/divórcios?

Por causa da pandemia de coronavírus (Covid-19), inúmeros relacionamentos ao redor do mundo estão passando por mudanças. 

Por exemplo, há casais que estão sem se ver há meses (e se falam apenas virtualmente), outros que estavam começando a se conhecer e de repente tiveram que se distanciar por causa do isolamento social… e ainda aqueles que tiveram términos e divórcios. Enfim, há diversos casos e situações.

E, neste contexto todo, como estão os relacionamentos em tempos de pandemia? Será que o amor vai resistir à quarentena? Será que mais términos e divórcios serão vistos daqui para frente? Quando será que os casais conseguirão se encontrar novamente e matar a saudade? Pois é, são muitos questionamentos…

Mudanças causadas pela internet e o choque de gerações

Mesmo com tantas tecnologias presentes há anos, se relacionar e conhecer outras pessoas não era algo restrito à internet, ao ambiente virtual. Não, as pessoas saiam, iam para festas, bares, shows… e assim começavam a ter os primeiros contatos com uma pessoa que consideravam interessante.

A partir daí trocavam telefones, começavam as primeiras conversas, saiam de novo e por aí vai.

Agora, ainda mais por conta da quarentena, as pessoas baixam e usam apps como Tinder, Badoo, Happn, Grindr, entre outros, curtem fotos e fazem comentários no Instagram para demonstrar interesse, adicionam nas redes sociais e começam a puxar papo… ou seja, o modo de paquerar está cada vez mais online.

Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

Além disso, os namoros/casamentos também estão diferentes por causa das redes sociais. Colocar o nome do companheiro ou da companheira na bio do Instagram é algo que muitos fazem, enviar posts românticos também… e se não curtir ou comentar a foto da pessoa amada assim que ela publicar? Xiii… aí pode dar problema.

Aplicativos de relacionamento

Uma outra coisa que precisa ser ressaltada aqui é o uso de aplicativos de relacionamento, pois houve um grande aumento nos últimos meses. E não só no Brasil, mas em diversos países.

Afinal de contas, as pessoas estão mais tempo em casa e por isso possuem mais tempo livre para conversar e conhecer alguém.

O que não quer dizer necessariamente que todo mundo vai conseguir encontrar o companheiro ou a companheira da vida agora.

Até porque um relacionamento vai muito além de conversas no WhatsApp, Telegram, Instagram e Facebook, é preciso mais, é preciso ter toques, olho no olho, abraços, beijos e tudo mais que torna um relacionamento interessante.

Casais que moram juntos

Por fim, mas não menos importante, é necessário falar também a respeito dos casais que moram juntos, afinal, não poder sair para aproveitar um cineminha, um barzinho ou mesmo os melhores motéis de SP (para dar aquela apimentada na relação) é bem ruim.

Porém, comparado com a situação de muitos outros casais que estão longes uns dos outros há meses, morar junto é uma grande vantagem e o principal para que as coisas continuem bem e fluindo neste momento é entender que não é só sobre você.

Todos os casais brigam, têm discussões e períodos complicados no relacionamento, porém é essencial entender o outro, conversar e buscar maneiras para que as coisas não descam ladeira abaixo.

Ou seja, é importante que ambos compreendam os problemas, as angústias, as vontades, as dificuldades e acima de tudo que se respeitem mutuamente. Dessa forma, o relacionamento será muito melhor e mais saudável!

Como ficam Relacionamentos em Tempos de Pandemia?

Fotos: Divulgação / Priscilla Du Preez

Fonte: Bruno Guerra

Não deixe de ler:  Mais seis parques reabertos para a população de SP

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here