A cantora Flávia Bittencourt lança Roseira. Flávia é uma das cantoras, compositoras emergentes mais elogiadas do Brasil.

A artista ganhou fama nacional depois que uma de suas músicas foi escolhida para trilha sonora de uma novela popular.

As raízes culturais de Flávia estão presentes em sua escolha de repertório, que flui naturalmente através de suas composições e também de compositores de todo o mundo que ela escolhe cantar.

Flavia Bittencourt já se apresentou por toda a Europa e levou suas interpretações da música brasileira até a África.

Atualmente vive no Rio de Janeiro e continua sendo uma artista independente com um forte senso de identidade.

Ela dividiu o palco com Luiz Melodia, Alcione, Geraldo Azevedo, Dominguinhos, Época de Ouro e outros artistas e compositores consagrados como Luiz Melodia, Maria Gadú, Alcione, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Nando Cordel, Alceu Valença, Renato Braz, Quinteto em Branco e Preto, e o Maestro Laercio de Freitas.

Flávia Bittencourt participou do projeto Samba Novo (Som Livre) e sua tour européia passou por países como Espanha, Polônia, partes do Reino Unido, França, Portugal, aparecendo em festivais e obtendo cobertura de televisão e rádio.

Roseira:

A música Roseira faz parte do mais recente trabalho da artista, o Eletrobatuque.

Atualmente, está sendo veiculada na Radio Universidade em Sao Luis-MA, terra natal da artista, onde já está em primeiro lugar, como musica mais tocada durante duas semanas seguidas.

Agora se prepara pra lança-la nacionalmente e internacionalmente em todas as plataformas digitais através da Ditto.

Flávia Bittencourt

Nascida em São Luís do Maranhão, Flávia Bittencourt é cantora e compositora. Após lançar Sentido, seguido de Todo Domingos (uma homenagem à obra de Dominguinhos), o CD No Movimento e o DVD Leve, ela agora se prepara para o seu quinto trabalho intitulado Eletrobatuque.

Durante sua carreira, a artista sempre prezou por arranjos instigantes, a emoção de sua voz afinada, sensível, aprofunda-se a cada inflexão que puxa a interpretação para o centro do canto.

Dona de um vibrato que se encaixa à perfeição nos finais das sílabas, seu cantar é fluido e tem o dom de deleitar mesmo aos que se dizem saturados pelo “excesso de cantoras na praça”.

Com 13 anos de carreira, ela se prepara para a turnê e divulgação do seu quinto trabalho, trazendo consigo, em seus arranjos, toda a experiência adquirida no Brasil e no exterior.

Esse intercâmbio é nítido no novo trabalho, que utiliza sons eletrônicos mesclados com suas influências brasileiras, europeias e latinas.

Tudo isso comprova a versatilidade da musicista.

Sua banda é formada por Flávia Bittencourt (Voz, Violão e Teclado), Felipe Tauil (Percussão e Bases Eletrônicas), Rui Mario (Sanfona e Teclado) e Daniel (Violoncello e Efeitos).

Além do virtuosismo dos integrantes da banda, as cordas e sanfona trarão a influência dramática do tango de Piazzola, tudo isso unido à música eletrônica, trazendo ares da contemporaneidade.

Carreira Musical

Flávia Bittencourt iniciou sua carreira na adolescência, influenciada por cantores e compositores como Dominguinhos, Lenine, Elizeth Cardoso, Beatles e manifestações culturais do Maranhão como bumba-meu-boi, tambor de crioula, bloco tradicional.

Seu CD de estreia, “Sentido”, em 2005, teve a música “Terra de Noel” incluída na trilha-sonora da novela “América” da TV Globo.

Foi lançado em várias cidades do Brasil e na Europa, passando por Paris, Toulouse, Nice, Toulon e Marseille – França, Lisboa – Portugal, Roma – Itália e Bruxellas – Bélgica e Estados Unidos.

Em Paris se apresentou em casas como New Morning e Satellite, no Sul da França, em Toulon, se apresenta no Teatro L`Espace des artes.

Em Madrid, na casa do Brasil e na Universidade de Salamanca e em Barcelona no Festival Dia de Brasil. Em Lisboa se apresenta no ano de Brasil em Portugal o lado de Ed Mota.

Na Inglaterra se apresenta no Festival Brum Spirit em Birmingham. Em Nova York se apresenta no Galeria de arte Saphira & Ventura em Manhatam.

Em 2007, participou do projeto Samba Novo (Som Livre), que contou com a participação dos novos nomes da MPB.

A artista gravou seu segundo CD em 2010, “Todo Domingos”, dedicado ao cancioneiro de Dominguinhos, que também participa do mesmo, a turnê deste trabalho contou com shows em diversas cidades brasileiras, além da turnê internacional nas cidades de Barcelona, Madri, Varsóvia e Birmingham.

Em julho de 2011, apresentou-se em Luanda Luanda, Angola, ao lado da Orquestra do Rio de Janeiro.

Nos 400 anos da cidade de São Luís, Flávia Bittencourt participou junto à Orquestra Sinfônica Brasileira de grande festa de comemoração à cidade no ano de 2012.

O DVD “Leve” marca os 10 anos de carreira da cantora. Gravado no Teatro Arthur Azevedo em setembro de 2014, em São Luís do Maranhão, o DVD tem participações de Luiz Melodia, Alcione, Antúlio Madureira e do bloco tradicional Os Feras.

Projetos Teatro/Cinema/Musical

Participou com Natália Timberg do projeto Mulheres de palavra, projeto este, que proporciona poesia e música ao público.

O evento busca mostrar a presença da mulher na literatura, a construção e a desconstrução do feminino através da poesia e prosa e ainda músicas em homenagem ao universo feminino.

Em cena, Nathalia Timberg recita poesias e textos de autores como Vinícius de Moraes, Cecília Meireles e Salgado Maranhão. Já Flávia Bittencourt interpreta músicas cuja temática é mulher.

Lançou o musical Mulher ao lado da bailarina Ana Botafogo, em que prestam homenagem às mulheres que marcaram história na literatura, música, política e, de modo geral, na sociedade brasileira.

As duas artistas em cena, homenageiam mulheres como Princesa Isabel, Chiquinha Gonzaga, Zuzu Angel, Maria da Penha e Bibi Ferreira, através de músicas autorais da cantora e da dança de Ana Botafogo, tudo isso unido a muita interpretação teatral das duas artistas.

Em 2016 participou do curta Redenção dirigido por Neville de Almeida no papel da prostituta Mara.

Além de ter frequentado cadeiras de Teatro e expressão corporal na Universidade do Rio de Janeiro (Unirio 2009-2013) nos anos em que cursou música, Flávia Bittencourt cursou cinema na “Susan Batson Studio”em Nova York no ano de 2017.

Prêmios

Com o CD Sentido, Flávia Bittencourt foi pré-selecionada para o Grammy Latino e para o Prêmio Tim de música, além de ter a música “Terra de Noel” incluída na trilha sonora da novela América da TV Globo.

A cantora Flávia Bittencourt lança Roseira

Pela Rádio Universidade FM de São Luís, recebeu os seguintes prêmios:
Ano de 2009: Melhor Show, Destaque da noite e Melhor CD: Todo Domingos;
Ano 2006: Melhor Intérprete;
Ano 2005:Melhor Cantora, melhor interpretação e melhor CD: Sentido.

Em 2011, participou do Prêmio da Música, no show em homenagem a Noel Rosa, ao lado de cantores como Zélia Duncan, Lenine, Arlindo Cruz e Sandra de Sá.

Em 2014, recebeu o troféu Cata-vento – prêmio de melhor cantora brasileira pela Rádio Cultura Brasil

“Conheço a Flávia há algum tempo, ela é uma menina lutadora, fez o projeto do disco e fiquei muito feliz, ela tem muito valor, por isso vou ajudá-la como puder. Dominguinhos

Com 13 anos de carreira a cantora e compositora maranhense, FLÁVIA BITTENCOURT lança seu quinto trabalho intitulado “Eletrobatuque”.

Ouça a musica “Roseira” , composta por ela , já disponível nas principais plataformas digitais:

A banda é formada por:

Flávia Bittencourt ( Voz, Violão e teclado )

Felipe Tauil ( Percussão e Bases eletrônicas )

Rui Mario ( Sanfona e Teclado )

Daniel ( Violoncello e Efeitos )

Leia também Mudanças de hábitos aumentam a qualidade de vida

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here