Anúncio Na Mídia

Vencedora de prêmio da ONU participa de comemoração do Dia dos Trabalhadores das Forças de Paz. O Dia Internacional dos Trabalhadores das Forças de Paz da ONU será lembrado Salão de Leitura do Palácio Itamaraty, no Rio de Janeiro.

O evento é parceria do Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio) com o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), o Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC) e a Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operações de Paz (REBRAPAZ).

A cerimônia contará com a participação da militar brasileira Márcia Braga, vencedora do prêmio de Defensora Militar da Igualdade de Gênero da ONU.

Inicialmente recebido das mãos do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

Acresce que, Márcia trabalha há mais de um ano na República Centro-Africana e participará de um painel de discussão sobre proteção de civis em missões de paz além disso.

Vencedora de prêmio da ONU participa de comemoração do Dia dos Trabalhadores das Forças de Paz

Naturalmente também participam do painel a tenente coronel Andrea Firmo, ex-observadora militar na Missão da ONU no Saara Ocidental.

Bem como, Ricardo Oliveira, professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio).

Logo depois, Danilo Marcondes, professor da Escola Superior de Guerra; e Adriana Abdenur, coordenadora da área de paz e segurança internacional do Instituto Igarapé.

O evento é aberto ao público e as inscrições devem ser feitas no formulário bit.ly/diapk2019 .

De antemão, o Dia Internacional dos Trabalhadores das Forças de Paz (Peacekeepers, em inglês) é a oportunidade a prestar a um tributo à contribuição das pessoas que trabalham em missões de paz.

Além disso, homenagea mais de 3.800 capacetes-azuis que perderam suas vidas servindo a bandeira da ONU desde 1948.

Atualmente, existem 14 missões de paz em quatro continentes, sendo que oito reúnem mais de 90% dos trabalhadores das Forças de Paz.

A saber, Abyei e Dafur (Sudão), República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Haiti, Líbano, Mali e Sudão do Sul.

A primeira missão de paz foi estabelecida em 29 de maio de 1948, quando o Conselho de Segurança da ONU autorizou o deslocamento de um pequeno número de observadores militares para o Oriente Médio com o objetivo de monitorar o acordo de armistício entre Israel e países árabes. Desde então, mais de 1 milhão de homens e mulheres já serviram em 72 missões de paz, protegendo os mais vulneráveis e salvando vidas.

Serviço:
Comemoração do Dia Internacional dos Trabalhadores das Forças de Paz (Peacekeepers)
Dia: 31 de maio, sexta-feira
Horário: Das 10h às 13h
Local: Salão de Leitura do Palácio Itamaraty – Av. Marechal Floriano, 196

Leia também: Parceria entre Firjan e Senai lança cursos online na pandemia

Vencedora de prêmio da ONU participa de comemoração do Dia dos Trabalhadores das Forças de Paz

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here