Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia? Não deixe o seu filho levar bactérias que fazem mal em sua lancheira.

As aulas voltaram, assim, a criançada se divide em dois pensamentos. O primeiro relacionado com a tristeza do final das férias devido a pandemia. E,  então, o segundo com a expectativa do retorno às aulas, rever amigos, assim como, os novos professores e o material escolar.

Então, falando em material escolar, as lojas trazem inúmeras ofertas, um deles nos causa sempre uma dúvida: Qual o tipo ideal de lancheira? 

Muitas vezes nos deixamos levar por personagens de histórias em quadrinhos, desenhos animados ou até outros relacionados a modismos. Então, nos deparamos com dois tipos, em geral. Ou seja, as Lancheiras Não Térmicas e as Térmicas

Logo, qual a melhor? Esta escolha nos faz esbarrar no tipo de alimento que pretenderemos oferecer aos nossos filhos e, neste caso, a conservação destes alimentos é fundamental para esta escolha.

Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia?

Enfim, para entender como conservar os alimentos, precisamos explicar o que são alimentos perecíveis e não perecíveis.

Assim, alimentos perecíveis ou de alta perecibilidade, são aqueles que podem apoiar o crescimento de microrganismos que causam enfermidade humana, permanecendo dentro da temperatura chamada “ZONA DE PERIGO”, entre 4 e 60 0 C, mais propriamente, entre 10 e 45 0 C.

Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia?

ALIMENTOS

– PERECÍVEIS

 Carnes, cozidas, aves, pescados, ovos
 .Leite, creme, queijos cremosos
 Iogurte e outros laticínios
 .Legumes considerando os cozidos, como por exemplo, batatas,  todos legumes, espinafre, etc.
 Macarrão já cozido, por exemplo, talharim, arroz, lasanha, etc.
 .Pudim, sopas, tortas de creme, bolos caseiros recheados com creme, sucos vegetais
 Sanduíches contendo frios (por exemplo,  presunto, queijo prato ou muçarela)

Em síntese, os alimentos não perecíveis, ou de baixa perecibilidade, são aqueles que não apoiam o crescimento de microrganismos que causam enfermidade humana. Podem ser mantidos a temperatura ambiente por mais de 2 horas, não causando doenças. A saber, o crescimento de bolores e leveduras é possível em alguns desses alimentos se permanecerem por vários dias, não devendo ser consumido se isto acontecer. Modificações na qualidade do produto podem acontecer, como diferenças de odor e sabor, se ficarem fora da refrigeração por 1 semana ou mais. Alguns fabricantes escrevem na etiqueta do produto.

Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia?

“Para uma  qualidade melhor, mantenha refrigerado”.

–  NÃO PERECÍVEIS

 .Frutas e Legumes crus
 Pães
 .Geleias
 Doces, frutas em conserva, tomates em conserva
 Pepinos em conserva, mostarda, catchup
 .Alimentos enlatados e não abertos
 Sucos e achocolatados em embalagem longa vida (não abertos), refrigerantes
 .Potes com alimentos, não abertos
 Queijos duros como suíço e parmesão Pão
 .Alface
 Maionese comercial, molho de salada
 .Frutas secas, passas, legumes secos, carne seca
 Biscoitos, barras de cereais, doces, bolo sem recheio ou glacê perecível
 .Torta, exceto torta de creme
 Manteiga de amendoim

LANCHEIRAS NÃO TÉRMICAS

Sendo esta a sua opção, você deverá chegar em frente à geladeira, abrir e repetir esta frase:
– Tudo que está aqui dentro não poderei colocar na lancheira de meu filho

Exatamente, se os alimentos , em sua casa, necessitam permanecer sob refrigeração, por que , quanto colocados em uma lancheira não necessitarão mais? Neste caso as suas opções somente poderão ser os alimentos não perecíveis

LANCHEIRA TÉRMICA

Apresenta um material macio, geralmente branco, com baixa capacidade de troca térmica com o ambiente.

Neste caso, estaremos simulando uma geladeira com a função de manter os alimentos refrigerados. Portanto, é importante saber que, se não colocarmos um doador de frio dentro delas (bolsa térmica gel reutilizável, por ex.), será como uma geladeira desligada. Isto é, neste caso, vai funcionar exatamente como uma lancheira não térmica .

Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia?

Por isso, devemos adicionar este doador de frio (congelado) quando prepararmos a lancheira. Dessa forma, no retorno da escola, precisamos lavar esta bolsa térmica e colocar novamente no freezer para uso no dia seguinte. Então, neste caso, não existe limitação para alimentos perecíveis ou não perecíveis pois estará sendo simulada uma verdadeira geladeira de transporte.

Igualmente, no caso de sucos de frutas, adicione em garrafas térmicas. A saber, é importante que seja adicionado já gelado pois não devemos colocar pedras de gelo pelo risco de quebra da parte interna deste utensílio. Definitivamente, não é indicada a colocação de leite ou achocolatado em garrafas térmicas.

Em conclusão, os alimentos perecíveis se manterão com qualidade, por pelo menos seis a oito horas. Ou seja, tempo suficiente para a criançada se servir deste alimento sem riscos para a sua saúde.

 

Qual a melhor lancheira em tempos de pandemia?

 

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Divulgação

Assim, não deixe de ler: Sabonete em barra ou líquido, qual devemos usar?

 

Artigo anteriorAção social visa melhorar a visão de 450 crianças em SP
Proximo artigoSiila Spot conquista consumidor
Roberto Martins Figueiredo é Biomédico (no. 1003) e Conselheiro do CRBM (CRBM 1001-1). É uma das principais autoridades brasileiras em saúde pública e um dos maiores especialistas em higiene de alimentos. Especializado em Saúde Pública e em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e em Engenharia da Qualidade pela Universidade de São Paulo (USP). Apresentou o quadro Dr. Bactéria, no Fantástico, Rede Globo. "Dr Bactéria no Hoje em Dia e no Tudo e Possível na Rede Record de TV e atualmente é contratado do Departamento de Jornalismo da Rede Record, programa Fala Brasil. . É diretor técnico da Microbiotécnica, Centro de Assessoria em Higiene e Saneamento Ambiental onde são realizadas pesquisas e análises de alimentos, utensílios e equipamentos, atendendo a indústrias de alimentos, cozinhas industriais e restaurantes. É instrutor em cursos de pós-graduação e Palestrante por Todo o Brasil. Consultor da Rádio Jovem Pan e possui 5 livros publicados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here