Você Será Melhor Depois da Pandemia? O Vírus da Incerteza traz reflexões sobre a pandemia de Covid-19

A princípio, abra da Matrix Editora traz panorama histórico de epidemias e 10 artigos de psicólogos, médicos, empresários e educadores sobre o futuro pós-coronavírus

Prisão ou liberdade? Ou seja, é sobre essa dialética da nova rotina imposta pelo coronavírus que se constrói O Vírus da Incerteza. Você Será Melhor Depois da Pandemia (Matrix Editora), obra lançada em ebook e nas livrarias nesta semana pelo advogado Jorge Sanchez e pelo jornalista João Carlos Borda.

Dessa forma, dividido em duas partes, o livro traz um panorama histórico de epidemias e pandemias desde a peste negra e as primeiras práticas de uso da quarentena e de máscaras para conter transmissões de vírus na História; e, sobretudo,  na parte 2, reúne dez artigos de psicólogos, médicos, empresários e educadores sobre os desafios impostos pela Covid-19.

Você Será Melhor Depois da Pandemia?

Livro reúne dez artigos de psicólogos, médicos, bem como, empresários e educadores sobre os desafios impostos pela Covid-19 e, portanto, chega às livrarias de todo o país e em versão e-book. Crédito: Matrix Editora.

O vírus desconhecido, até então sem vacina ou tratamento disponível, representa o maior desafio desde a 2ª Guerra Mundial, isto é, abre covas, destrói empresas, corrói relacionamentos e extermina empregos.

Dessa forma, além do rastro de 17 milhões de infectados e mais de 670 mil mortos pelo mundo, a epidemia trouxe angústia, ansiedade, medo, assim como, incertezas, desemprego. Para os autores, a dica é extrair sabedoria desse tempo todo recolhido.

Ver a epidemia, como um processo de aprendizagem e de sobrevivência. “Não é o tempo que passa, ou seja, é a gente que passa por ele”, alertam os autores. Assim, o livro surgiu em plena quarentena e foi inteiramente produzido em home office pelos autores, amigos de longa data e que se conheceram em pauta sobre um outro vírus que assola o país desde sempre, o da corrupção.

Jorge Sanchez

O advogado paulista Jorge Sanchez é também professor universitário, assim como, coordenou o curso de Direito do Centro Universitário Moura Lacerda. Ainda, especializou-se em Transparência Pública e Combate à Corrupção, tendo realizado cursos e palestras sobre o tema no Brasil e no exterior.

João Carlos Borda

João Carlos Borda é jornalista e especializado em Direito Penal. Recebeu diversos prêmios por reportagens especiais feitas na TV Globo, como por exemplo, o Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional e Fantástico.

Porquanto,  na obra, os autores traçam historicamente e literariamente as epidemias e males que sempre assolaram a humanidade de tempos em tempos. A cólera, tão bem retratada por Gabriel García Márquez, em seu realismo mágico, O Amor nos Tempos do Cólera.

O ebola no livro A Zona Quente, de Richard Preston. A Peste, sob o olhar de Albert Camus. Assim, entre 1347 e 1350, a Europa viu entre 30 e 50 milhões de mortos empilhados em estradas, ruas e praças. Portanto, para aniquilar inimigos, soldados usavam catapultas para arremessar sobre as muralhas dos castelos os cadáveres com peste, uma técnica macabra pioneira de “arma biológica”.

Dessa forma, a quarentena foi uma das medidas que fez com que a peste negra regredisse na época. Quando a humanidade parecia blindada a catástrofes sanitárias, surge a gripe espanhola, em 1917, ainda mais letal. Máscaras, higiene total das mãos e distanciamento social foram algumas das medidas para conter o vírus na época.

Você Será Melhor Depois da Pandemia?

A segunda parte do livro traz dez artigos de diferentes especialistas sobre a doença, dentre eles:

  • o psiquiatra e professor de Saúde Mental da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP Luiz Alberto Hetem analisa as reações psicológicas e emocionais que acompanham o desenvolvimento da pandemia, com impacto nefasto das fake news;
  • a psicóloga Ana Maria Fonseca Zampieri, sobretudo, aborda a saúde emocional em tempos de pandemia, como o aumento de casos de alcoolismo e violência doméstica e o fenômeno do “luto antecipatório”, na impossibilidade prática do direito ao luto;
  • Marcelo di Bonifácio, superintendente da Santa Casa de Ribeirão Preto, traz relato pessoal do impacto da pandemia nos protocolos do hospital;
  • o cardiologista Pedro Schwartzmann fala do aumento do número de paradas cardíacas durante a pandemia; a pedagoga Maria Inês Fini (ex-presidente do Inep) mostra como as famílias passaram a ser protagonistas da escolarização formal durante a pandemia e os déficits históricos de projetos de EAD no país.

Consumo desenfreado

Degradação do meio ambiente e consumo desenfreado passaram a ser repensados durante a epidemia. “A história cumpre o efeito de um bumerangue.

O homem que dominou o fogo, saiu da caverna para navegar e forjou o aço, se armou com pólvora, ganhou asas e manipulou a vida em laboratórios experimenta hoje, muito a contragosto, o amargo regresso ao seu interior, isolado de todos pela pura e simples necessidade de sobrevivência”, destacam os autores.

Dentre as apostas de mudanças (e para melhor) estão: fortalecimento da implementação de métodos preventivos; prática da telemedicina; trabalho administrativo em domicílio; trabalho em sistema de home office; encontros pela internet, encurtando distâncias e otimizando ações profissionais.

Que as pessoas saiam melhores como seres humanos e com a sensação de se cuidar melhor, de cuidar das relações da família e dos amigos. A solidariedade como resposta às crises sanitária e econômica.

Ficha técnica

Título: O Vírus da Incerteza. Você Será Melhor Depois da Pandemia
Autores: Jorge Sanchez e João Carlos Borda
Matrix Editora, São Paulo, julho de 2020
Formato: 16 cm x 23 cm
Páginas: 152
Preços: R$ 32,00 (livro impresso) e R$ 21,00 (e-book)
Onde comprar: nas principais livrarias do país
Vendas on-line: www.matrixeditora.com.br
Tel. 11 3868-2863

Sobre a Matrix Editora

Apostar em novos talentos, formatos e leitores. Essa é a marca da Matrix Editora, desde o seu início em 1999.

Criada pelo publicitário e escritor paulistano Paulo Tadeu, assim, a Matrix surgiu de uma necessidade: o autor teve um livro seu recusado por grandes editoras. Então, buscando novos desafios, resolveu deixar o trabalho em agências de publicidade para fundar a sua própria editora, a Matrix, em São Paulo.

Igualmente, a Matrix é hoje uma das mais respeitadas editoras do país com 670 títulos publicados, dez novos lançamentos a cada mês, com venda on line e nas maiores redes de livrarias de todo o país.

Dessa forma, a Matrix Editora se especializou em livros de não-ficção, como biografias e livros-reportagem, além de obras de negócios, motivacionais e livros infantis. Hoje, Paulo Tadeu é autor de 82 livros e de sucessos como Proibido para Maiores, que ficou 54 semanas na lista de mais vendidos do segmento infanto-juvenil, com mais de 180 mil exemplares.

Catálogo

Assim, segundo o catálogo da Matrix constam, ainda, best-sellers como Biografia da Televisão Brasileira, Bem-Vindo ao Inferno e Chaves – Foi Sem Querer Querendo, pelos mais autores renomados como Millôr Fernandes.

A Matrix Editora criou, no Brasil, o que chama de livro-caixinha, isto é, com cartas em vez de páginas, como um baralho, de formato lúdico e interativo.

Ou seja, a Matrix foi também pioneira ao transformar textos e personagens de internet em livros, do on line para o off line, como Diva Depressão (a primeira página do Facebook a virar livro) e Mothern (o primeiro livro surgido a partir de um blog homônimo e que virou série de sucesso na GNT).

Serviço

www.matrixeditora.com.br
Tel. 11 3868-2863
Instagram: @matrixeditora
Facebook: /MatrixEditora
Twitter: @MatrixEditora

 

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Sheila Grecco

Assim, não deixe de lerRecuperados da covid 19 somam mais de 2,1 milhões no Brasil

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui