Transmissão ao vivo corporativa presencial e remota

Os anos de 2019 e 2020 serão lembrados pela pandemia do Covid-19 e nesse novo cenário de  “quase” pós pandemia, a comunicação sofreu grandes e boas mudanças. Os Eventos On-line popularizaram e as redes sociais adquiriram um grande valor. Novas ferramentas possibilitaram a transmissão ao vivo de forma on-line e viabilizaram essa comunicação para qualquer lugar do planeta 

Assim, Bruno Mancini que tem sua produtora – BRN Estúdios –  há mais de 10 anos, bem antes desse novo momento, já fazia grande uso da transmissão ao vivo no formato de mídias sociais. Dessa forma, expõe aqui o que esse novo momento de transmissão ao vivo corporativa presencial e remota tem lhe trazido.

Quando e como você iniciou seu trabalho com transmissões ao vivo?

Tenho uma produtora que existe há 10 anos e que, hoje, é totalmente voltada ao mercado de transmissão ao vivo, mas até 2015 o foco de atendimento era vídeos de pós-produção. Neste ano iniciei a mudança de rumo da minha empresa para a transmissão ao vivo. O mercado estava saturado de novos aventureiros, o que atrapalhou um pouco o ramo que atuava. Então, comecei a estudar a transmissão ao vivo no formato de mídias sociais, mais conhecido como Live.

Os equipamentos não eram tão acessíveis como é hoje e o desafio era maior por conta de toda estrutura ainda não pronta para transmissão. Foi um pequeno desafio, ainda mais por conta de clientes, empresas não terem noção do potencial transformador que uma entrega ao vivo proporciona. Nesse tempo, pré live de celular, ninguém ligava pra isso. Ouvi até de produtores de conteúdos amigos “Por que fazer ao vivo se pode entregar bonito editado para o cliente ver depois?”

Transmissão ao vivo corporativa presencial e remota
Transmissão ao vivo corporativa presencial e remota
Pandemia x trabalho, isso mudou a forma das pessoas se relacionarem e os eventos também… como isso impactou você e sua empresa?

A necessidade de reclusão de pessoal e entrega de resultados por parte das empresas fez a transmissão ao vivo crescer muito. Quem já estava no mercado com essa proposta, como minha empresa, começou a ter uma demanda enorme, a ponto de ter que criar equipes e não dar conta de atender tudo.

Esse momento mundial da pandemia foi o fator decisivo e muito importante para minha área. Mostrou ser possível atender, de diversas formas, tudo que pensavam ser possível apenas presencialmente.

O fator custo também foi muito importante com isso, tendo empresas que economizaram casa de milhões de reais economizando com hospedagem, aéreo, alimentação, show, etc. e entregando o mesmo resultado online com a mesma competência do presencial, tanto para a empresa quanto para o empregado que não precisa ter longos deslocamentos para cursos ou eventos de planejamentos.

Transmissão ao vivo corporativa presencial e remota
Que tipo de trabalho você realiza?

O BRN Estúdio tem como foco principal a transmissão ao vivo corporativa presencial e remota. No mercado ao vivo já trabalhei com jornalismo, shows, palestras, esportes, política, vendas, cursos, desfiles, etc. 

A transmissão pode ser feita em qualquer mídia social, online, offline (painéis, telões) ou mesmo em plataforma dedicada do cliente contratante. E ainda existem áreas que não são exploradas online como casamentos, festas, lançamentos de produtos ou imobiliários e principalmente o mercado PET que é garantia de sucesso.

Quais são os maiores desafios do profissional da tecnologia?

O mercado durante a pandemia cresceu demais. Num nível difícil de acompanhar, tanto em novas tecnologias quanto em custos de equipamento. Os clientes sempre merecem a melhor qualidade, mas cabe a mim entregar mais do que eles esperam.

Hoje a qualidade entregue é full HD em 60 quadros progressivo, ou seja, aquela imagem bacana e que quase todos os dispositivos midiáticos aceitam (TVs, celulares, computadores).Mas já me preparei para entregar qualidade 4k em transmissões ao vivo, agora que as mídias começam a disponibilizar essa qualidade com o aumento da banda de internet. Internet que, aliás, em alguns lugares, é um grande desafio.

Não é todo espaço que disponibiliza uma velocidade que é necessária para uma transmissão de qualidade e.  nesse momento,  entram os popularmente conhecidos mochilink que é um equipamento que cabe dentro de uma mochila e que junta vários chips 4G e cria um link de internet para transmissão.

Nesse caso, a tecnologia 5G será muito bem vinda, tanto em dispositivos IoT quanto em transmissões ao vivo. A constante evolução de equipamentos tem sido o meu maior desafio.

Transmissão ao vivo corporativa presencial e remota

Hoje em dia, um simples celular pode fazer muitas produções, mas há sempre critérios de iluminação, áudio…. como você adapta a simplicidade as exigências do mercado?

Todo mundo está conectado, todo mundo está online. Cada tipo de produção tem uma exigência. Meu foco é corporativo, empresas que tem que fazer uma entrega de qualidade que passe confiança com grandiosidade para funcionários e clientes.

Onde a informação é tão importante quanto a técnica. Imagem ótima, uma luz boa, um áudio limpo, vários ângulos de câmera para mostrar todos detalhes de produtos ou mesmo dar uma dinâmica na comunicação, apresentação de slides, vídeos, propagandas, imagens, chamada para pessoas de qualquer lugar do mundo em tempo real, tudo isso para que o espectador não fique por longos períodos vendo uma tela estática fazendo com que venha a perder a atenção do que está sendo reproduzido e que profissionaliza a empresa.

O celular é uma ferramenta maravilhosa e deve sempre ser usada para quem tem algo a mostrar ou falar. São vários tipos de mercado na transmissão ao vivo, cada um se adapta ao seu.

Contatos e fotos dos eventos

Facilmente, todos poderão me encontrar através do email bruno@brnestudio.com ou pelo telefone (whatsapp) +55 11 937.193.435.

 

Fotos: Divulgação / Acertvo Pessoal
Fonte: Indie Bossa Produções
Edição: Redação Na Mídia
Então, não deixe de lerBicentenário do nascimento de Anita Garibaldi
Do mesmo modo, veja ainda nosso ebook: Um corpo bonito é essencial
Conhece a loja do Na Mídia? Clique aqui
Com mais de 20 anos de experiência em negociações, comunicação e gerenciamento de equipes vinculadas a grandes projetos. Foi agraciada em 2014 com o Prêmio Excelência Mulher Fiesp/Ciep, época que produzia e apresentava a TVSA, uma televisão vanguardista na internet, com pautas voltadas às empresas e instituições que transformavam a vida das pessoas. https://www.youtube.com/watch?v=oThYANwoDyg Produziu discos em parceria com a gravadora de Roberto Menescal, trabalhou na executiva das duas tours de 2016 e 2018 do Andrea Bocelli no Brasil além de fazer a locução oficial nos estádios da turnê. Ainda atuou como diretora executiva de vídeo-clip ao lado do renomado Cineasta Edu Felistoque. Em Março de 2020 lançou o EP Insensatez em todas as plataformas digitais. Diretora da Indie Bossa Produções, Gerente de Negócios do Blue Note no Brasil e Apresentadora do Programa Mi Convida, e Regional Manager da Band Internacional, é uma mulher que tem voz ativa, trabalha com foco e está sempre em busca de novos caminhos e acredita que comunicar bem, é uma chance grandiosa de aproximar pessoas, marcas e os diversos segmentos da arte, cultura e economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui