Anúncio Na Mídia

Teatro promove transmissão de espetáculos online gratuitos

Teatro Vivo promove iniciativa inédita no Brasil com a transmissão de espetáculos gratuitos on-line Assim, os cinco monólogos selecionados serão apresentados ao vivo, diretamente da casa dos artistas

O Teatro Vivo inicia neste sábado (20), às 20 horas, uma programação inédita de espetáculos com transmissão ao vivo, diretamente da residência dos artistas. Dessa forma, quem abre a programação, composta por cinco monólogos, é o ator Mouhamed Harfouch, que faz a pré-estreia da peça “O Homem de Lata” neste novo formato.

O monólogo é escrito por Harfouch em parceria com Moisés Liporage e tem direção de João Fonseca. Portanto os ingressos são gratuitos e limitados. Interessados podem se inscrever via plataforma @vivo.cultura, no Instagram. Assim, os convites serão liberados semanalmente e divulgados através do canal. Clientes Vivo Valoriza terão cota especial de convites disponibilizada pelo programa.

Teatro promove transmissão de espetáculos online gratuitos

Teatro promove transmissão de espetáculos online gratuitos

A iniciativa, inédita para o teatro brasileiro, tem por objetivo aproximar público e arte e marcar o apoio da Vivo à classe artística, que teve seu trabalho impactado pelo fechamento dos espaços culturais durante a pandemia.

“Contudo, entendemos que nosso papel como apoiadores da cultura no Brasil é também encontrar soluções para levar entretenimento de qualidade e incentivar a produção artística neste momento tão delicado pelo qual todos estamos passando” revela a Diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, Marina Daineze.

Programação

Além de “O Homem de Lata”, a programação on line do Teatro Vivo inclui, ainda,  outros quatro espetáculos, com apresentações sempre aos sábados, às 20 horas. Dessa forma, no dia E, bem como, no dia 27 de junho, Elias Andreato dirige e interpreta “Pessoa”, do poeta Fernando Pessoa. No dia 04 de julho será a vez da peça “Louca de Amor, Quase Surtada”, com texto e interpretação de Lena Roque.

A direção é de Lena e Roque Balbyns. Em 11 de julho, Cássio Scapin apresenta e dirige o clássico de Anton Tchecov, “Os Malefícios do Fumo”. Luciana Carnieli encerra a programação, dia 18 de julho, com a peça de sua autoria e direção, “Meu abajur de injeção”, uma homenagem à grande atriz, Cacilda Becker.

Vivo Cultura

Dessa forma, a Vivo acredita na cultura como um instrumento para aproximar pessoas de diferentes realidades e, há 16 anos, apoia iniciativas ligadas ao teatro, museus e artes plásticas.

Portanto, no ano de 2019, renovou seu compromisso com a arte ao revitalizar o Teatro Vivo, em São Paulo, um espaço moderno e acessível.

Teatro promove transmissão de espetáculos online gratuitos

Assim, a empresa apoia ainda, importantes espaços multiculturais como o Palácio das Artes em Minas Gerais, além do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), do Masp e Instituto Inhotim.

Em 2020, lançou a plataforma @vivo.cultura que consolida as iniciativas da Vivo, voltadas à arte, com o propósito de ampliar o acesso a esses conteúdos.

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Comunicação Corporativa Vivo

Não deixe de ler: Proprietária de elegantes hotéis e a crise global da saúde

 

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here