Prêmio Luiza Mahin valoriza a cultura negra. Então, reconhecendo o trabalho de mulheres negras comprometidas com a valorização da cultura negra, a premiação leva o nome da ex-escrava africana, provavelmente originária da Costa de Mina, que teria conseguido comprar sua liberdade e organizado diversos levantes de escravos, que sacudiram a Província da Bahia nas primeiras décadas do Século XIX.

Em celebração ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, comemorado no dia 25 de julho, a SMDHC, por meio da sua Coordenação de Promoção da Igualdade Racial, promove pelo segundo ano o prêmio Luiza Mahin.

Prêmio Luiza Mahin valoriza a cultura negra

As mulheres que receberão as homenagens sofrerão uma seleção por meio de indicações de entidades concernentes ao movimento social negro e de mulheres. As inscrições poderão ser até o dia 18 de julho. Portanto, acesse o edital completo pelo link https://bit.ly/LMahin

#PraCegoVer

Portanto, a Arte anuncia que estão abertas as inscrições para o Prêmio Luiza Mahin, em homenagem ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha (25/07). Dessa forma, a ação reconhece o trabalho de mulheres negras que tem comprometimento com a valorização da cultura negra, e as inscrições ficam abertas até 18/07.

Prefeito cria Prêmio Luiza Mahin em São Paulo

Prêmio Luiza Mahin valoriza a cultura negra
Honraria será às mulheres que que lutam pela inclusão social e a luta antidiscriminatória na cidade de São Paulo

O prêmio Luiza Mahin entrou em vigor através de decreto no dia 15 de abril. Sete mulheres negras com comprometimento junto a valorização da cultura negra receberão o título. A responsável pela premiação é a Coordenadoria de Assuntos da População Negra (CONE), da Secretaria de Participação e Parceria (SMPP).

A premiação é uma homenagem ao Dia da Mulher Negra da América Latina e do Caribe. E, concederá às mulheres escolhidas a partir de indicações feitas por entidades com ligação ao movimento social negro e às redes sociais negras. A preferência é pelas mulheres que lutam pela inclusão social e a luta antidiscriminatória.

As vencedoras ganham um diploma confeccionado em impresso próprio e uma estatueta estilizada simbolizando Luiza Mahin. A entrega das honrarias será com o prefeito ou com a delegação deste ao secretário da SMPP, em cerimônia pública, e vai ocorrer o dia todo em 25 de julho. Além disso, as premiações decorrentes terão o registro em livro próprio, com a denominação de Livro Tombo de Registro do Prêmio Luiza Mahin, que será assinado pela homenageada.

Luiza Mahin

A saber, uma mulher negra, que nasceu no século XIX, da tribo Mahin, chegou à Bahia na condição de escrava. Assim, liderou a Revolta dos Malês, ou seja, uma das maiores rebeliões de escravos que ocorreu em solo baiano. Dessa forma, caso o levante dos Malês tivesse sido vitorioso, Luísa teria sido reconhecida como Rainha da Bahia.

Assim, ela foi surpreendida com seu grupo pela força policial, obrigados a se lançarem em combate foram derrotados. Por fim, Luiza e outras lideranças conseguiram escapar da perseguição, partiu para o Rio de Janeiro, deixando seu filho, Luis Gama – com apenas cinco anos de idade – aos cuidados do pai.

 

Fotos: Acervo pessoal
Fonte: Andre Pomba
Edição: Costa Consulting Co
Então, não deixe de ler https://namidia.com.br/artista-plastico-paulo-lattarullo-exibe-obra-inedita/
Do mesmo modo, veja ainda nosso ebook: Um corpo bonito é essencial
Conhece a loja do Na Mídia? Clique aqui

Sula Costa nasceu em Anápolis, GO. Formou-se em Publicidade, Marketing e Jornalismo. Em NY, trabalhou com produtoras cinematográficas internacionais, Organizações de Instituto de Pesquisa em Preservação do Meio ambiente na ONU. Estudou produção de TV na Califórnia , designer gráfico e fotografia em NY. Trabalhou em projetos de restauração,construção e intervenção, planejamento culturais para o Brasil . Cobriu os principais eventos econômicos do Brasil em New York; trabalhou como correspondente internacional para o jornalista Gilberto Amaral. É Diretora Executiva da Costa Consulting,, empresa de consultoria e fomento cultural em Brasilia e, World Art Show em Sao Paulo, empresa que apoia a arte visual do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui