Plataforma recebe US$32 milhões para conectar trabalhadores. A plataforma de upskilling  Degreed anunciou recebimento de aporte de US$32 milhões em resposta à grande demanda para capacitação e mobilidade de talentos  e melhora na experiência de aprendizagem focada no usuário.

Owl Ventures liderou esta última rodada de aumento de capital, elevando o aporte total na Degreed para US$ 182 milhões. 

De acordo com a publicação Human Resource Executive75% a 80% dos trabalhadores não completam seu perfil profissional nos sistemas de RH.

Deixando, assim,  as organizações sem um conjunto de dados críticos necessários para rápida tomada de decisões comerciais.

Portanto, a Degreed auxilia as empresas a superar essa lacuna, permitindo que os funcionários desenvolvam suas habilidades e criem perfis ressaltando suas habilidades.

Com estes dados, a plataforma pode promover o desenvolvimento da carreira, conectando usuários a projetos, ocupações e oportunidades de emprego.

Do mesmo modo, este aporte financeiro acelerará o roadmap de mobilidade de carreira da Degreed. 

“Vimos um aumento tremendo na demanda de clientes por nosso produto de mobilidade profissional. É mais importante do que nunca para as empresas entenderem as habilidades de sua mão de obra, enriquecerem seus programas de qualificação e permitirem a mobilidade interna”, disse Chris McCarthy, CEO da Degreed.

“Os funcionários não se preocupam com um sistema de registro em que têm acesso  de 1 a 2 vezes por ano. Precisam de uma experiência simples e personalizada que os ajude a desenvolver suas habilidades e avançar em suas carreiras.” 

“Transformação é o novo normal.  

Para acompanhar as mudanças, a agilidade na aprendizagem é essencial para a organização.

Especialmente porque o aumento de qualificação prevê a economia de US$ 1,2 bilhões para as organizações nos próximos três anos “, afirmou Raquel Andrade, Superintendente de Pessoas do Itaú Unibanco. 

“Somente os dados de habilidades podem nos revelar as áreas de negócios em que precisamos evoluir e impulsionar a transformação de dentro para fora no Itaú.” 

O aporte ocorre após a demanda recorde da Degreed nos últimos 6 meses. Mais de um em cada sete usuários do Degreed ativaram suas contas apenas entre abril e maio deste ano.

Novos clientes – incluindo Ford, Fidelity Investments e Standard Bank da África do Sul – mudaram rapidamente suas estratégias de mão de obra para capacitar o trabalho remoto e a mobilidade de talentos.  

 “A mão de obra mudou fundamentalmente nos últimos meses e as organizações estão investindo mais em pessoas e habilidades”, disse Ian Chiu, diretor administrativo da Owl Ventures.

“A necessidade de aprendizagem ao longo da vida é maior do que nunca e a Degreed está bem posicionada para moldar um futuro onde as habilidades são medidas pelo seu sucesso e não por seus cargos.

Onde ninguém se torna irrelevante devido à falta de habilidades certas no momento certo.” 

Assim, para saber mais como a Degreed está conectando talentos a oportunidades da trabalho, acesse o site: https://degreed.com 

Plataforma recebe US$32 milhões para conectar trabalhadores

Sobre a Degreed 

Degreed é a plataforma de upskilling da força de trabalho, para uma em cada três empresas do ranking da Fortune 50.  

Integramos e selecionamos todos os recursos que as pessoas usam para aprender – incluindo sistemas de gerenciamento de aprendizagem e milhões de cursos.

Usamos, então,  a ciência comportamental e de dados para analisar as habilidades de todos.

E personalizar automaticamente o desenvolvimento da carreira com base em seus trabalhos, pontos fortes e objetivos.  

Assim, a empresa foi fundada em 2012 e está sediada em Pleasanton, Califórnia, com escritórios adicionais em Salt Lake City, Nova York, Londres, Amsterdã e Brisbane.

Degreed recebe US$32 milhões para conectar trabalhadores

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here