Anúncio Na Mídia

Marcas brasileiras que mais investem em influenciadores. A Socialbakers, plataforma líder global em soluções para otimização de performance corporativa em redes sociais, realizou um amplo estudo nacional sobre o desempenho das empresas brasileiras que mais trabalham com influenciadores durante a pandemia.

A marca de produtos de limpeza OMO ocupa o primeiro lugar no ranking de marcas que mais colaboram com influenciadores no período, com 242 perfis fazendo 594 menções da marca.

Assim, em seguida da Gympass Brasil com 202 produtores de conteúdo e 211 citações; e o aplicativo iFood, com 68 influenciadores que mencionaram a marca 145 vezes.

Enquanto que o destaque ainda para a cervejaria Brahma com 65 perfis e 172 menções, bem como a Seara com 59 influenciadores e 64 citações.

Marcas brasileiras que mais investem em influenciadores

Confira as marcas brasileiras que mais investem em influenciadores

De acordo com Alexandra Avelar, Country Manager da Socialbakers, apesar do impacto econômico do COVID-19, as marcas ainda estão investindo no marketing de influenciadores.

“Os consumidores estão cada vez mais buscando opiniões e vozes confiáveis ao tomar decisões de compra. Portanto, isso cria uma grande oportunidade para influenciadores e marcas se unirem para criar conexões autênticas com o público”, explica Alexandra.

O estudo revela ainda um desempenho muito positivo de algumas marcas no trabalho com produtores de conteúdo.

Dessa forma, o destaque fica para a Granero Transportes, Mercado Pago Brasil, sabonete Francis, Cartão Elo e Tramontina.

O resultado leva em conta o cálculo da média de interações na postagem de um influenciador que  menciona a marca em comparação com uma postagem publicada pela própria empresa.

Confira as marcas brasileiras que mais investem em influenciadores

De acordo com dados da Socialbakers, no segundo trimestre deste ano, foram:

-4.104 postagens de influenciadores  usaram hashtags como #ad e #publi por aqui, uma alta de 14,64% em relação ao trimestre anterior

-e de 11,28% em relação ao segundo trimestre do ano passado.

Já os micro-influenciadores se tornaram mais importantes e agora compõem a maioria dos influenciadores (mais de 95,9% do total na América Latina são micro-influenciadores, ou seja, possuem menos de 100 mil seguidores).

O estudo da Socialbakers levou em consideração o trabalho das marcas com o marketing de influência no Instagram no segundo trimestre de 2020. Todo o estudo foi feito com base nas interações do Brasil.

Sobre a Socialbakers

Fundada em 2008, na República Tcheca, a Socialbakers é líder global em soluções para a otimização de performance corporativa em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube, LinkedIn, Instagram, Pinterest e Google+), fornecendo relatórios detalhados, mapeamento de tendências e benchmarking para mais de 3.000 clientes, mais de 200 deles no Brasil.

A partir do maior banco de dados do mundo no segmento e de recursos exclusivos de Inteligência Artificial, a Socialbakers ajuda marcas de todos os tamanhos a garantirem que o seu investimento em mídias sociais forneça resultados de negócios mensuráveis.

Com clientes em mais de 100 países, a Socialbakers é Facebook Marketing Partner desde 2011, Pinterest Marketing Partner e LinkedIn Marketing Partner.

A Socialbakers foi eleita em 2018, de acordo com a revista Inc., uma das empresas privadas de mais rápido crescimento da Europa.

Para mais informações, acesse: www.socialbakers.com.

Confira as marcas brasileiras que mais investem em influenciadores

 

Fotos: Divulgação/Arquivo Pessoal 

Fonte: Divulgação

Leia também: Qual será o futuro do entretenimento após as lives?

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here