Anúncio Na Mídia

Mais multas em Brasília por conta do carnaval. Dessa forma, é o segundo dia da fiscalização contra aglomerações que descumprem as normas sanitárias contra a covid-19. Portanto, o que resultou na aplicação de multas. Inicialmente, em 12 estabelecimentos que promoveram eventos carnavalescos no Distrito Federal.

Cada estabelecimento deverá pagar R$ 20 mil à Secretaria de Estado da Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal).

Conforme balanço divulgado pelo órgão, as principais irregularidades constatadas na noite deste sábado (13) foram a falta do uso de máscara, a falta de equipamentos de proteção individual em funcionários assim como, o grande número de pessoas em pé aglomeradas.

Multas

Somente na última noite, os fiscais vistoriaram 78 estabelecimentos em 27 das 33 regiões administrativas do DF.

Além das 12 multas aplicadas, a fiscalização interditou dez espaços que não promoviam eventos carnavalescos, mas descumpriam normas sanitárias estabelecidas desde o início da pandemia. Entre as principais infrações estão a não medição de temperatura de clientes e a falta de uso de máscara e de álcool em gel.

Na primeira noite de fiscalização, na sexta-feira (12), o DF Legal interditou três estabelecimentos e multou quatro. Entre os eventos interrompidos estava uma festa no centro da capital federal.

Mais multas em Brasília por conta do carnaval

Mais multas em Brasília por conta do carnaval

Promovida pelo DF Legal em parceria com a Polícia Militar do Distrito Federal, a força-tarefa busca primeiramente, garantir o cumprimento de decreto.

Outrossim, editado na última quinta-feira (11) pelo governador Ibaneis Rocha que pretende conter o avanço da covid-19 no feriado prolongado de carnaval.

O decreto proíbe festas, blocos e qualquer evento que gere aglomeração durante o carnaval e impõe restrições a bares e restaurantes.

Mais multas em Brasília por conta do carnaval

Esses estabelecimentos só podem operar com metade da capacidade total e não podem sob o mesmo ponto de vista, permitir que clientes dancem ou consumam produtos em pé.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil – Brasília Edição: Paula Laboissière
Foto: DF Legal/ Divulgação/Todos os direitos reservados
Leia também: Hoje é celebrado o dia mundial do Rádio

 

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here