Vacina COVID-19: veja os impactos da criação da vacina na economia nacional

Impactos da criação da vacina na economia nacional. Confira alguns dos impactos que a economia brasileira sofreria com a criação da vacina para o novo coronavírus.

Veja como a produção dessa vacina altera a economia mundial!

A pandemia do novo coronavírus obriga com que todas as esferas da sociedade mudem os seus formatos e a maneira de lidar com os assuntos cotidianos.

Dessa forma, há modificações nos hábitos de consumo e na forma de trabalhar,   por  causa  da
quarentena  e do isolamento social.

Frente a esta grande crise sanitária que se instalou no mundo todo, a economia é um dos segmentos que mais vem sofrendo neste período.

Para tentar coibir o avanço do novo coronavírus, órgãos competentes de saúde do mundo todo estão estudando formas para criar uma vacina contra essa doença.

No entanto, para que isso fosse iniciado, uma reorganização econômica foi realizada.

Assim, investidores passaram a acreditar no projeto da vacina da Covid-19, e podem até mesmo terem recorrido a abertura de um capital nominal, dando incentivo ao seu desenvolvimento.

Como em muitos outros casos, a vacina é a forma ideal para o combate de doenças.

Porém, a economia de cada país sofre de forma diferente aos impactos de sua criação e também aos investimentos necessários para isso.

Economia e medicina

O sistema econômico de um país é formado por diversas áreas.

No Brasil, por exemplo, há uma centralização econômica na região sudeste do país em torno do setor de serviços, além da concentração de algumas indústrias, principalmente na área alimentícia, siderurgia e têxtil.

Mas a medicina brasileira também faz parte dessa sistemática econômica do país, e muitos avanços importantes são estudados por aqui e ocorrem anualmente.

Impactos da criação da vacina na economia nacional

Impactos da criação da vacina na economia nacional

E, devido à pandemia, a proximidade e a dependência de subsídios para arcar com os custos
cotidianos de estudos médicos cresceu ainda mais, tanto no Brasil, quanto no exterior.

Impactos econômicos

Como em qualquer área, o fator econômico é preponderante para que haja uma solução referente a qualquer demanda.

No caso da "pandemia", a vacina já está em pauta há alguns meses e sendo criada fora do Brasil.

Hoje, a realidade de outros países permite com que a criação desse método de prevenção seja feita e, consequentemente, que os seus impactos econômicos sejam menores no PIB deles.

Entretanto, se fosse elaborada aqui, o país deveria estar preparado para arcar com grandes custos, mesmo em um período de baixa na economia nacional.

Aporte financeiro 

Para que fosse iniciado o processo, boas reservas e investimentos estariam a frente, e seriam determinantes para o sucesso dessa operação.

Com a alta do dólar e o déficit do PIB em diversas áreas, seria necessário pensar em novas formas de arrecadação e buscar por verbas e subsídios para custear todos os serviços necessários.

Até então, o sistema de saúde do país vive em estado ‘colapsal’ em muitos pontos, e praticamente boa parte da verba destinada a hospitais e casas de saúde já foram utilizadas.

Respiradores e equipamentos para a cura já entraram na lista de custos contra o coronavírus.

Sendo assim, buscar abrir um capital nominal com investidores nesse momento de crise seria uma saída viável.

Expandir contato direto com países que possui uma boa entrada de acordos seria uma das saídas, pois é bastante complicado começar tal projeto de forma isolada e sem investimentos externos.

Custo da vacina

Após captar o aporte necessário, seria o momento de pensar de maneira estratégica e destinar verbas para cada ação.

Uma vacina, segundo especialistas, demora em torno de 10 a 15 anos para ser produzida, aprovada e comercializada, mas com a tecnologia que está se aplicando, ela deveria aparecer em breve.

Diferentemente da H1N1, por exemplo, seu custo será maior por uma série de fatores, que compreendem desde o que será gasto com sua elaboração, além de muitos estudos, que possuem erros e acertos. 

Testes e aplicação 

Por se tratar de um vírus novo e desconhecido até mesmo dos mais experientes no ramo da medicina mundial, o Brasil teria de custear uma alta tecnologia para o compreendimento do que é o vírus e suas individualidades.

E para que isso seja realizado, novos médicos e cientistas deverão fazer parte do projeto de operação, ou seja, a criação da vacina passará por eles.

Mesmo estando praticamente finalizada, antes que se aplique na população, testes serão realizados.

E caso houvesse algum tipo de erro, novas pesquisas e operações deverão ser feitas. O que torna o custo da criação dessa vacina ainda mais elevado.

Estando pronta, imediatamente ela deverá ser disponibilizada para as pessoas, no entanto, seria necessário calcular o custo para aplicação nas pessoas.

Por mais que existam muitos médicos que estão trabalhando ao longo desta pandemia, a busca pelo medicamento tende a ser enorme, e mais profissionais precisam estar disponíveis.

Impacto geral da vacina no mundo

De uma forma geral, a hipótese de ser criada no Brasil está cada vez mais descartada, devido ao avanço dos estudos e testes fora do país que, inclusive, vem dando boas respostas.

Por mais que estejamos entre os mais atingidos pelo novo coronavírus no mundo, é muito provável que o medicamento não venha tão cedo para o nosso país.

Porém, diferentemente dos problemas econômicos que poderiam acontecer se fosse elaborada aqui, sua chegada terá o efeito contrário.

Desde que as primeiras amostragens se mostraram seguras no combate ao novo coronavírus, a Bolsa de Valores do Brasil subiu de forma considerável.

Com riscos mínimos de uma segunda contaminação, o país passará a crescer com a retomada do PIB.

Assim, investidores voltarão a ter interesse em diversas demandas do Brasil, patrocínios, empréstimos e acordos voltarão aos poucos e a economia reagiria a voltaria a crescer.

Fotos: Divulgação /Arquivo Pessoal

Fonte: Lucas A. Silva

Assim, não deixe  de ler: Diferenças nos diplomas de Ensino a Distância ou Presencial

10 COMENTÁRIOS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here