RODRIGO JOSÉ – VOLUME 3 – Histórias de amor imperfeitas com roupagem impecável

Histórias de amor são imperfeitas com nova roupagem. Cantor e compositor paulista refina seu brega-chique mesclando ótimas composições próprias e releituras inusitadas de hits alheios

Álbum traz parcerias inéditas com Zeca Baleiro e Nil Bernardes.

A priori, durante muitos anos, as músicas mais populares eram encaradas como bregas ou cafonas, e desprezadas pelos formadores de opinião.

Então, a partir dos anos 80, no entanto, isso começou a mudar, com essas canções com mensagens diretas e próximas do dia-a-dia de todos ganhando mais respeito e, também, maior qualidade técnica ao serem gravadas.

O cantor e compositor Rodrigo José é um fruto dessa evolução, um legítimo representante do chamado “brega-chique”, ou “chic 10”.

Isto é, uma expressão essa popularizada por ele e que dá nome à banda de apoio que o acompanha em sua trajetória musical.

Nos últimos anos, Rodrigo viu sua fama se expandir muito, graças a uma inusitada e inteligente releitura de clássicos da música brega como “Sorria, Sorria” (Evaldo Braga).

Bem como,  “Tenho” (Sidney Magal) com arranjos fortemente influenciados pelo soul, blues e rock da década de 1970.

Histórias de amor são imperfeitas com nova roupagem

Histórias de amor são imperfeitas com nova roupagem

Dessa forma, com um vozeirão e forte presença cênica, ele lançou dois álbuns e um DVD gravado ao vivo cuja ótima repercussão o levou a participar com destaque de programas de TV de alta popularidade.

Programas como Domingão do Faustão, Altas Horas, Encontro com Fátima Bernardes, The Noite, Raul Gil, Domingo Espetacular e vários outros.

Veja o making of do álbum: 

O artista ainda protagonizou matérias de importantes revistas, jornais e portais de internet.

Além disso, a canção “Eu Te Amo” foi incluída na trilha sonora do filme “Jeitosinha” (2017), de Sérgio Lacerda e Johil Carvalho.

De quebra, nada menos do que 12 gravações suas entraram na trilha da série global “Eu, A Vó e o Boi” (2019), de Miguel Falabella.

É nesse clima de enorme ascensão que Rodrigo José nos oferece seu novo lançamento, Rodrigo José Volume 3, já disponível em todas as plataformas digitais.

O que era bom, ficou ainda melhor.

Logo de cara, chama a atenção o fato de ele trazer canções próprias escritas com feras da música brasileira.

Com forte clima de blues, “Desde Que Te Vi” foi composta por Rodrigo em parceria com Zeca Baleiro, grande expoente da nova MPB e um fã confesso da música de artistas como Odair José, Bartô Galeno e outros dessa praia sonora.

A agitada “Sheila Minha Amada” tem como coautor ninguém menos do que Nil Bernardes, compositor das músicas de abertura das novelas “O Rei do Gado” e “Esperança” e também de hits gravados por estrelas como Zezé di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo, Laura Pausini, Daniel e muitos outros.

“Volta Amor” tem pinta de música que pode entrar com força em alguma trilha de novela, tal o seu romantismo, enquanto a direta “Mariana” e a sacudida “Amor de Cabaré” (que tem um delicioso clipe para divulga-la) são outras composições próprias certeiras.

Como de praxe, Rodrigo escolheu a dedo cinco hits alheios para reler do seu jeitão, que lembra um pouco o do Elvis dos anos 1970.

Veja o clipe de “Amor de Cabaré”:

“Doida Demais”, um dos maiores sucessos de Lindomar Castilho, aparece aqui com swing de soul music.

Assim como “Feiticeira”, o maior hit do saudoso Carlos Alexandre, virou uma espécie de rockabilly com sotaque blueseiro, enquanto “Meu Ex-Amor”, um dos maiores êxitos de Amado Batista, mergulha de vez na vocação roqueira que já demonstrava na gravação original do autor.

Assim, a maior surpresa fica por conta de “A Dois Passos do Paraíso”, da Blitz, que ficou tão boa a ponto de merecer a aprovação de seu autor e vocalista da consagrada banda carioca, Evandro Mesquita.

Rodrigo José produziu esse álbum, que ele considera o mais bem realizado de sua carreira, ao lado de Bruno Brito, um dos integrantes da afiadíssima banda Chic 10.

Assim, o cantor e compositor resume bem a essência de seu trabalho e das músicas que integram seu repertório:

Enfim, “Histórias de amor são imperfeitas, e é sobre isso que eu canto”.

“Rodrigo José Volume 3” teve pré-lançamento para os fãs mais fiéis no dia 23 de maio em uma plataforma digital.

Ouça “Rodrigo José Volume 3” em streaming: 

https://tratore.ffm.to/volume3

As músicas de “Rodrigo José Volume 3”:

  1. Sheila Minha Amada (Rodrigo José/Nil Bernardes)
  2. Doida Demais (Ronaldo Adriano/Lindomar Castilho)
  3. Volta Amor (Rodrigo José)
  4. Boate Azul (Tomaz/Benedito Seviero)
  5. Desde Que Te Vi (Rodrigo José/Zeca Baleiro)
  6. Feiticeira (Otávio Garcia/Carlos Alexandre)
  7. Mariana (Rodrigo José)
  8. A Dois Passos do Paraíso (Ricardo Barreto/Evandro Mesquita)
  9. Amor de Cabaré (Hélio Vieira/Vandrin Rodrigues/Rodrigo José)
  10. Meu Ex Amor (Amado Batista/Reginaldo Sodré)

Fotos: Arquivo Pessoal / Divulgação

Fonte: Miriam Martinez

Não deixe de ler: Brasileiros terão que esperar pandemia acabar para ir aos EUA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here