A ideia de produzir o documentário O Fechamento das Usinas no Setor Norte Fluminense do Brasil, surgiu quando o  produtor internacional, brasileiro, radicado os Estados Unidos há mais de 20 anos, Carlos Siqueira, conhecido com Carlos Gutto, que também é jornalista, visitou sua Terra Natal, em Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro.

Carlos Gutto, produtor internacional e jornalosta

Formado em Produção de TV & Broadcast News, Carlos Gutto Siqueira, assumiu vários cargos técnicos, gerenciais e administrativos.

Trabalhou como coordenador de produção, diretor, produtor de programa (Diretor Audiovisual), coordenador de estúdio durante (pré-gravações), produção de programa formato noticiário e esportivo, além de eventos especiais como: programação em entretenimento, transmissão ao vivo de estúdio e locação. 

Assumiu vários cargos, ao longo de sua carreira, diretor técnico, supervisor de operação e equipamentos, produtor de programa original local, orientador de curso para novos produtores, E.N.G./E.F.P. 

Possui em seu curriculum experiência como diretor, produtor, cinegrafista e editor, tornou-se  reconhecido nos Estados Unidos  por criar peças promocionais e publicitárias (cross promo) de programas para  canais de TV, atuou como coordenação de talentos e convidados, além  de tornar-se líder comunitário na Califórnia e Flórida.

Recebeu homenagens, condecorado em prêmios de reconhecimentos a nível nacional, estadual e municipal.

O produtor teve participações de campanhas políticas em âmbito internacional através de suas empresas como Brazil TV , Brazil VT em parceria com a Costa Consulting Co em Nova Iorque , Flórida , Miami e Washington.

Promoveu o principal evento para o então candidato à Presindência , Jair Bolsonaro em Pompano Beach, Fl em 2018.

Carlos Gutto – Diretor da Brazil TV em Miami – Fl

O projeto

A ideia de formatar uma apresentação em documentário de um assunto tão delicado e de enorme prejuízo para o setor econômico brasileiro, surgiu quando o diretor geral deste projeto, Carlos Augusto Siqueira, produtor cinematográfico brasileiro e reconhecido internacionalmente, ao visitar sua Terra Natal – Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro,  deparou-se com os escombros das usinas de Cambahyba, na localidade de mesmo nome, que ainda resiste ao fim das atividades industriais na safra 1995/1996.

Ao analisar a atividade sócio-econômica da região, e atividade mercadológica que ali se estabelecia, a causa do encerramento das atividades  produzidas na região,  acarretou não só descaso com a população local de baixa renda residente na região, como uma alta degradação  na atividade de produção de agronegócios no mercado brasileiro interno e externo.

Além ideia do produtor projeto é utilizar a mão-de-obra local na produção do documentário, gerando empregabilidade para a população de baixa renda que ficou totalmente desamparada com o fechamento das Usinas .´

Usina do Cupim – Rio de Janeiro

O documentário exporá a deficiência mercadológica do Brasil na manutenção dessas Usinas, tais usinas:

*Usina do Queimado, *Usina São João, *Usina Santa Maria, Usina Cupim do Grupo Othon, entre outras que sofreram o fechamento desencadeando uma baixa na economia do Brasil refletindo não só no Setro Sucroenergético como na Economia Global brasileira.

Artigo anteriorPerspectivas no Governo de Bolsonaro
Proximo artigoLuiza & Maurílio acabam de gravar “Segunda Dose”
Sula Costa nasceu em Anápolis, GO. Formou-se em Publicidade, Marketing e Jornalismo. Em NY, trabalhou com produtoras cinematográficas internacionais, Organizações de Instituto de Pesquisa em Preservação do Meio ambiente na ONU. Estudou produção de TV na Califórnia , designer gráfico e fotografia em NY. Trabalhou em projetos de restauração,construção e intervenção, planejamento culturais para o Brasil . Cobriu os principais eventos econômicos do Brasil em New York; trabalhou como correspondente internacional para o jornalista Gilberto Amaral. É Diretora Executiva da Costa Consulting,, empresa de consultoria e fomento cultural em Brasilia e, World Art Show em Sao Paulo, empresa que apoia a arte visual do Brasil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here