Aldeia Leal lança rótulo próprio de azeite de oliva. 

O azeite de oliva extra virgem 100% (R$16.90- 500 ml), chega para completar a linha de produtos portugueses criada há 5 anos pelo cantor português Roberto Leal que traz o melhor de Portugal para o Brasilcom bom custo beneficio.

Produzido em parceria com a MOODFOODS pode, assim, ser utilizado de várias maneiras na cozinha.

Isto é, desde a elaboração, tempero a finalização de receitas frias ou quentes como pratos portugueses e saladas.

Agora no comando da Aldeia Leal está Rodrigo Leal, filho de Roberto.

“O plano de lançamento do azeite foi traçado pelo meu pai, que, infelizmente não pode acompanhar todo o processo”, ressalta ele. 

Aldeia Leal lança rótulo próprio de azeite de oliva

Aldeia Leal lança rótulo próprio de azeite de oliva
Azeite Leal / Divulgação

Sobre Aldeia Leal

Roberto Leal sempre foi apaixonado pelo universo de alimentos e bebidas. Assim, sua incursão nessa área começou com a abertura do tradicional restaurante Marquês de Marialva, primeira investida gastronômica na ponte Portugal – Brasil.

A marca nasceu da inspiração de uma das suas músicas mais famosas “Como é linda a minha aldeia”, da autenticidade de uma história verídica, igual à de tantos portugueses, tantos emigrantes que foram para outras terras e deixaram as suas aldeias.

Vinho tinto Aldeia Leal foi o primeiro lançamento que desembarcou por aqui.

Portanto, a seleção do rótulo em conjunto com o enófilo Carlos Cabral, resultou num blend de uvas típicas portuguesas.

Entre suas características: aroma frutado, suavidade e leveza, ideal para harmonizar com queijos suaves, carnes brancas e vermelhas.

Também fazem parte da linha, mais seis rótulos de vinho, como por exemplo, o Alentejo, Branco, Verde, Reserva Tinto, Rosê, bem como, o Tejo.

Assim, para incrementar seu portfólio a empresa lançará em breve uma linha completa de bacalhau e temperos.

Aldeia Leal lança rótulo próprio de azeite de oliva

 

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal 

Fonte: Divulgação

Assim, leia também: Programação semanal do Museu Felícia Leirner

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here