Anúncio Na Mídia

“A Viola Encarnada: Moda de Viola em Quadrinhos”. E traz narrativa visual inspirada no cancioneiro caipira.

Projeto contemplado pelo ProAC retrata a música caipira com roteiro e artes visuais de Yuri Garfunkel e participação do violeiro Ivan Vilela

"A Viola Encarnada: Moda de Viola em Quadrinhos"

“Faz sentido trazer para o desenho uma música que tem uma narrativa tão imagética”. A afirmação de Ivan Vilela, violeiro, compositor, arranjador e pesquisador da música caipira contextualiza o enredo de “A Viola Encarnada: Moda de Viola em Quadrinhos”, uma HQ baseada em temas sugeridos em mais de 80 canções do repertório caipira. 

Com roteiro e artes visuais do desenhista, músico e educador Yuri Garfunkel, o projeto contemplado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado,será lançado neste sábado (09/11) na Livraria do Espaço, em São Paulo.

Dividida em 10 capítulos, conforme as 10 cordas da viola caipira, que também lhes dão título, “A Viola Encarnada: Moda de Viola em Quadrinhos” retrata as aventuras dos amigos Vaqueiro e Violeiro em diversas situações recorrentes do cancioneiro caipira em viagens pelo interior do país. 

“A narrativa aborda a função social da viola desde suas origens rurais, o trabalho no campo e com o gado, as pescarias, o próprio ofício do violeiro que toca nas festas e nas fazendas.

O ponto de partida da trama é o assassinato do Chico Mineiro. A partir daí busquei outras modas que esclarecesse esse mistério”, explica Yuri Garfunkel. 

Como a maioria das pessoas, Garfunkel teve seu primeiro contato com a música caipira quando era criança por conta das canções que suas avós cantavam. 

Com o passar dos anos, seu interesse pelo gênero aumentou e há 5 anos começou a tocar viola. 

“Desde então, o roteiro da HQ foi se formando na minha cabeça a partir do repertório que conheci ao longo da vida”, comenta. 

Para ele, a música caipira destaca-se por sua sonoridade única. “Ela engloba uma grande variedade de ritmos e a qualidade das composições é impressionante”, declara.

Garfunkel já possuía o conhecimento do repertório caipira como músico, flautista e violeiro. Para contextualizar o enredo, convidou Ivan Vilela para compartilhar seu conhecimento histórico na introdução do livro. 

“Yuri Garfunkel teve a genial ideia de trazer este universo histórico da formação cultural do nosso povo para os quadrinhos. 

Ele traduziu em belas imagens tais narrativas reproduzindo cenas icônicas de modas e momentos. 

Além disso, a linguagem dos quadrinhos atinge um público diverso, inclusive mais jovem, e que desconhece essa história e essa música”, descreve Vilela.
         
Em suas 172 páginas, a obra conduz o leitor para uma viagem sonora afinada com as características históricas e visuais da flora e da fauna dos estados brasileiros,  fundamentais na formação da cultura caipira, numa jornada que percorre os sertões até chegar na cidade grande. 

Um dos diferenciais da produção é que os acontecimentos e paisagens descritos nas letras propõe ao leitor um encontro com a imaginação já que estão interligados visualmente, ou seja, sem textos ou balões de fala. 

Desta forma, o leitor pode induzir o conteúdo do texto sugerido pelos títulos das canções de referência que são indicadas no rodapé das páginas e dispostas para conferência em uma playlist digital no Canal ‘A Viola Encarnada’ no Youtube: 
https://www.youtube.com/playlist?list=PLvcPsRrO7n0ud-bsTU1ljWts_cRRNzx-d  

Com sua obra, Garfunkel pretende apresentar uma visão do universo da música de viola diferente da proposta pelo mercado cultural atual. 

Confira o vídeo:https://www.youtube.com/watch?=IbdfACh3xG8&feature=youtu.be

“A Viola Encarnada: Moda de Viola em Quadrinhos”

https://youtu.be/IbdfACh3xG8

Saiba mais:

Yuri Carlos Garfunkel (autor e ilustrador): Desenhista, músico e educador desde 2004, é criador do Sopa Art Br, estúdio de artes visuais, ilustração e design, com mais de 10 anos de experiência em comunicação visual ligada à cultura.

O Sopa desenvolve seu trabalho autoral a partir de pesquisas na união de linguagens artísticas, expandindo o formato das histórias em quadrinhos através de relações com a arte urbana, música e educação.

Com quatro exposições criadas nesse conceito, Música-Visual (2009), X-Sampa (2011), Lendas na Rua (2013) e Centenário do Samba (2016), circularam por diversas galerias, parques e estações do Metrô de São Paulo, e expuseram na Argentina, Itália e Espanha.

Como profissional autônomo, Yuri ilustrou uma série de projetos de comunicação visual para artistas e festivais, além de diversas publicações, livros, revistas e histórias em quadrinhos, entre elas a HQ promocional da série Supermax, lançada na CCXP 2015.

Como músico, flautista e violeiro, Yuri integra desde 2008 o grupo instrumental Kaoll e, recentemente, passou a integrar o grupo Pequeno Sertão, de música caipira autoral, dos quais também é responsável pela comunicação visual.

Como educador, Yuri desenvolve oficinas de desenho e criação artística, entre elas a oficina Lendas na Rua para crianças e Memória Musical, voltada para o público da 3ª idade, ambas com circulação no Estado de São Paulo pela rede do SESC.

Portfólio online: www.sopa.art.br

Ivan Vilela

Ivan Vilela (texto): Violeiro, compositor, arranjador, e pesquisador da música caipira.

É professor da Escola de Comunicações e Artes da USP e também diretor da Orquestra Filarmônica de Violas.

Foi tema de um especial da TV Cultura em 2010. Cursou a faculdade de História antes de ingressar no curso de Composição musical da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde conclui o bacharelado em Artes, Composição Musical em 1994, e o mestrado em Composição Musical em 1999.

Obteve o doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo, com a tese ‘Uma história social da música caipira’, em 2011.

Foi indicado para o Prêmio Sharp 1998, na categoria Revelação Instrumental, pelo CD Paisagens.

Em 2002, foi agraciado com a Medalha Carlos Gomes. É autor do livro ‘Cantando a Própria História’, onde descreve o desenvolvimento da viola caipira no país desde o século XIV e as transformações sociais que culminaram no evento da cultura caipira.

Ficha Técnica:

‘A Viola Encarnada – Moda de Viola em Quadrinhos”
Yuri Garfunkel: Pesquisa, roteiro, arte, lápis, giz de cera e aquarela
Ivan Vilela: Texto introdutório
Mathias Zaeslin: Aquarela
Zé Otávio: Photoshop
Bruno Mestriner: Indesign
Paulo Garfunkel: Revisão
Capa: 365x250mm, 4×4 cores, Tinta Escala em Cartão Supremo LD 250g. Prova Xerox. Prova de Cor Epson.
Miolo: 172 páginas, 178x250mm, 4 cores, Tinta Escala em Polen Bold LD 90g. Prova Xerox. Pré-impressão, Laminado Fosco, Número de lados 1(Capa), Dobrado(Miolo), Intercalado(Miolo), Alceado(Miolo), Hot melt(Miolo), Shrink Individual, Costura.
Tiragem: 1.000 exemplares
Realização: ProAC
Apoio: Red Clown Publicações, Instituto Çarê e AtlaS
Contato: yuri@sopagrafix.com // www.facebook.com/yuri.sopa

Lançamento da HQ “A Viola Encarnada – Moda de Viola em Quadrinhos” aconteceu na Ho Livraria do Espaço, com entrada gratuita.

Leia ainda Almanak lança seu primeiro DVD acústico no Carioca Club

 

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here