Maria Gonçalves Campolina (Mariah Campolina), administradora, natural de Formosa-Go, com residência em  Brasília -DF, Brasil, sempre surpreende o cenário artístico de brasileiro quando se refere à artes visuais.

 Seu primeiro contato com a arte foi em Dezembro/2004, com Woodson Mackelly e Jetter Peixoto na Casa das Artes em Salvador-Bahia.

Regressando para Brasília em Maio/2006 de sua terra natal – Formosa-Go, a artista continuou a fazer cursos com Frank Melo e Cássia Melo no M & M Atellier.

Participou de Workshops com Geraldo Assis e Juliana Limeira.

Sempre focada, em busca de enriquecer seu conhecimento explorando as técnicas mistas, texturas e cores.

Suas obras variam do acadêmico para contemporâneo.

Mariah Campolina têm em seu curriculum presença em exposições espalhadas por todo mundo, com participação em exposições coletivas: nos EUA, Alemanha, Portugal, Áustria, Eslováquia, Itália e no Brasil.

A arte sutil e surpreendente de Mariah Campolina

Desde o começo, no mundo das artes, vem diversificando seus conhecimentos e experiência com mestres, museus, galerias e exposições.

É apaixonada pelas flores do cerrado, arte figurativa, contemporânea e abstrata.

Artista plástica profissional, registrada na Secretaria de Cultura do DF e no CEAC, suas obras fazem parte de acervos públicos e privados no Brasil e no exterior.

A irreverência da artista surpreendeu a comunidade brasiliense quando a artista produziu canecas com a impressão de suas principais telas no aniversário de 50 anos da cidade de Brasília – DF.

A arte sutil e surpreendente de Mariah Campolina
A surpreendente arte de Mariah Campolina
Artigo anteriorGretchen fala sobre sua rotina em Mônaco
Proximo artigo6 motivos para você beber água todos os dias
Sula Costa nasceu em Anápolis, GO. Formou-se em Publicidade, Marketing e Jornalismo. Em NY, trabalhou com produtoras cinematográficas internacionais, Organizações de Instituto de Pesquisa em Preservação do Meio ambiente na ONU. Estudou produção de TV na Califórnia , designer gráfico e fotografia em NY. Trabalhou em projetos de restauração,construção e intervenção, planejamento culturais para o Brasil . Cobriu os principais eventos econômicos do Brasil em New York; trabalhou como correspondente internacional para o jornalista Gilberto Amaral. É Diretora Executiva da Costa Consulting,, empresa de consultoria e fomento cultural em Brasilia e, World Art Show em Sao Paulo, empresa que apoia a arte visual do Brasil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here