Rita Lee – Uma Autobiografia Musical 

A existência de Rita transformou uma geração, abriu caminhos artísticos e na sociedade e faz muita gente feliz – Mel Lisboa

0
127

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical.

Mel Lisboa retorna como Rita Lee em musical inédito que estreou no Teatro Porto em 26 de abril

Com roteiro e pesquisa de Guilherme Samora, direção de Marcio Macena e Débora Dubois e direção musical de Marco França e Marcio Guimarães, espetáculo é baseado na autobiografia da rainha do rock brasileiro

A existência de Rita transformou uma geração, abriu caminhos artísticos e na sociedade e faz muita gente feliz – Mel Lisboa

Dez anos depois da estreia do sucesso Rita Lee Mora ao Lado, a atriz Mel Lisboa volta a interpretar a roqueira-mor em um musical inédito, desta vez inspirado na autobiografia da cantora. Com direção de Marcio Macena e Débora Dubois, Rita Lee – Uma Autobiografia Musical estreia no Teatro Porto, em São Paulo, no dia 26 de abril, onde segue em cartaz até 7 de julho.

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical.

Quando Mel Lisboa pisou pela primeira vez em cena como Rita Lee em 2014, ela não poderia prever algumas coisas: primeiro, de que seriam meses de casa cheia num dos maiores teatros de São Paulo. Segundo, que a própria Rita apareceria sem avisar, abençoaria sua performance e ainda voltaria para assistir ao espetáculo. Trabalho, aliás, que rendeu a Mel prêmios como melhor atriz e a colocou de vez entre os maiores nomes do teatro nacional, com uma frutífera e diversificada carreira.

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical.

A nova montagem ainda tem direção musical de Marco França e Marcio Guimarães e, junto com Mel, estão no elenco Bruno Fraga, Fabiano Augusto, Carol Portes, Debora Reis, Flavia Strongolli, Yael Pecarovich, Antonio Vanfill, Gustavo Rezê e Roquildes Junior.

Diferentemente do projeto anterior, dessa vez, Mel conta a história de Rita com base no livro da cantora, lançado em 2016 e um dos maiores sucessos editoriais do Brasil. O livro narra os altos e baixos da carreira de Rita com uma honestidade escancarada, a ponto de ter sido apontado como “ensinamento à classe artística” pelo jornal O Estado de São Paulo. A ideia do novo musical surgiu quando Mel gravou a versão em audiolivro, como Rita, em 2022.

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical.

O texto de Rita, numa narrativa envolvente e perfeita para um musical biográfico, conta do primeiro disco voador avistado por ela ao último porre. Sem se poupar, ela fala da infância e dos primeiros passos na vida artística; de Mutantes e de Tutti-Frutti; de sua prisão em 1976, na ditadura; do encontro de almas com Roberto de Carvalho; das músicas e dos discos clássicos; do ativismo pelos direitos dos animais; dos tropeços e das glórias.

A vida de Rita precisa ser contada e recontada

“A vida de Rita precisa ser contada e recontada. Sua existência transformou toda uma geração. E continua a conquistar fãs cada vez mais jovens. Rita não é ‘somente’ a roqueira maior. Ela compôs, cantou e popularizou o sexo do ponto de vista feminino em uma época em que isso era inimaginável. Ousou dizer o que queria e se tornou a artista mais censurada pela ditadura militar. Na época, foi presa grávida. Deu a volta por cima e conquistou uma legião de ‘ovelhas negras’. Se tornou a mulher que mais vendeu discos no país e a grande poetisa da MPB”, declara a Mel Lisboa.

Como diz Rita no livro, seu grande gol é ter feito um monte de gente feliz. E Mel, no palco como Rita, leva a sério essa missão: todas as vezes que encarnou Rita em cena, as pessoas se comportavam como se estivessem num show. Cantando junto, batendo palma e, não raras as vezes, correndo para dançar na frente do palco no “bis” do espetáculo. Viva Rita!

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical.

A montagem

A montagem terá roteiro e pesquisa de Guilherme Samora inspirada no livro Rita Lee – Uma Autobiografia, onde a cantora fala abertamente da sua vida pessoal e profissional.

A ideia é criar uma versão inédita que mostre todas as facetas dessa grande cantora, compositora, multi-instrumentista, apresentadora, atriz, escritora e ativista dos direitos humanos e uma das maiores, se não a maior artista brasileira.

O Teatro Porto recebe a estreia do musical Rita Lee – Uma Autobiografia Musical em sintonia com as comemorações de seus 9 anos, que serão completados em maio. Como parte de seu compromisso em incentivar a cultura brasileira e fomentar a efervescência da região central da cidade, a peça se alinha à visão curatorial do teatro, que busca excelência artística enquanto promove a inclusão de diferentes públicos.

Ficha Técnica:

Roteiro e Pesquisa: Guilherme Samora. Direção Geral: Débora Dubois e Márcio Macena. Direção Musical: Marco França e Marcio Guimarães. Coreografia: Tainara Cerqueira. Assistente de Coreografia: Priscila Borges. Figurinista: Carol Lobato. Iluminação: Wagner Pinto. Elenco: Mel Lisboa, Bruno Fraga, Fabiano Augusto, Carol Portes, Debora Reis, Flavia Strongolli, Yael Pecarovich, Antonio Vanfill, Gustavo Rezê e Roquildes Junior. Coordenação de Produção: Edinho Rodrigues. Realização: Brancalyone Produções.

SERVIÇO

Rita Lee – Uma Autobiografia Musical

De 26 de abril a 7 de julho de 2024 – Sextas, às 20h; Sábados, às 16h (a partir de 11 de maio) e às 20h; Domingos, às 17h.

Ingressos:  Sextas – Plateia: R$100,00 (inteira) Balcão e Frisas: R$80,00 (inteira)

Valor especial: R$40,00 (inteira)*

Sábados e Domingos – Plateia: R$120,00 (inteira) Balcão e Frisas: R$100,00 (inteira)

Valor Especial: R$40,00 (inteira)*

OBS: Dias 26, 27 e 28/04 – Sessões populares especiais com ingressos a R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada), em qualquer setor do teatro.

*O ingresso VALOR ESPECIAL é válido para todos os clientes e segue o plano de democratização da Lei Rouanet, havendo uma cota deste valor promocional por sessão.

Classificação: 12 anos.

Duração: 120 minutos.

TEATRO PORTO

Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.

Telefone (11) 3366.8700

Bilheteria:

Aberta somente nos dias de espetáculo, duas horas antes da atração.

Clientes Porto Bank mais acompanhante têm 50% de desconto.

Clientes Porto mais acompanhante têm 30% de desconto.

Vendas: www.sympla.com.br/teatroporto

Capacidade: 508 lugares.

Formas de pagamento: Cartão de crédito e débito (Visa, Mastercard, Elo e Diners).

Acessibilidade: 10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.

Estacionamento no local: Gratuito para clientes do Teatro Porto.

Siga o Teatro Porto nas redes sociais:

Facebook: facebook.com/teatroporto

Instagram: @teatroporto

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa
Fotos: 
Divulgação / Priscila Prade / fotos de cena de João Caldas

Edição: Redação Na Mídia
Então, não deixe de ler
Galinha Pintadinha é a artista infantil mais ouvida do Spotify

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui