Início Destaque Polícia de Roterdã apreende cocaína em contêiner do Brasil

Polícia de Roterdã apreende cocaína em contêiner do Brasil

A polícia holandesa agiu rapidamente após receber o vazamento sobre a carga no porto de Roterdã, um dos mais importantes da Europa.

0

Polícia de Roterdã apreende cocaína em contêiner do Brasil.

HOLANDA: após denúncia, Polícia de Roterdã apreende cocaína em contêiner de origem brasileira

A polícia holandesa agiu rapidamente após receber o vazamento sobre a carga no porto de Roterdã, um dos mais importantes da Europa.

As autoridades da DOUANE – órgão alfandegário de Rotterdan – que permaneceram anônimas, informaram que, nesta segunda-feira, 10 de junho, uma carga contendo 320 kg de cocaína foi apreendida em um contêiner com origem do Brasil.

A totalidade da carga, vinda do porto de Paranaguá/PR, no Brasil, já estava sendo monitorada e, de acordo com informações, dois funcionários, do porto de Rotterdan foram presos em flagrante quando retiravam as drogas de bolsas que estavam no interior do contêiner. Avaliou-se a carga entre 9 e 10 milhões de euros na Holanda, onde sofreria comercialização.

A operação ocorreu na segunda-feira após cruzar algumas informações entre autoridades brasileiras, belgas e alemãs. As autoridades informaram que já estavam acompanhando a viagem há vários dias, desde o porto de Hamburgo na Alemanha. Eles acompanharam a embarcação Ro- Ro / Container – Carrier Gran Buenos Aires, quando atracou no porto de Hamburgo, na Alemanha onde, lá, desembarcaram 4 contêineres que, após dois dias, saíram com destino ao porto de Roterdã, na Holanda, com destino ao terminal Delta.

Polícia de Roterdã apreende cocaína em contêiner do Brasil

No Porto de Rotterdam, na Holanda, as autoridades começaram o monitoramento em torno dos dois contêineres suspeitos e observaram dois funcionários através das câmeras se aproximando das caixas e filmando-as.

Segundo informações apuradas junto às autoridades portuárias, na noite de segunda-feira, 10 de junho, os dois suspeitos voltaram após o expediente para retirar a droga e encaminhá-las em 10 bolsões de viagens com cerca de 30 pacotes de 1kg de cocaína em cada.

INVESTIGAÇÃO EM CURSO

Segundo o encarregado das investigações, os contêineres vindos do Brasil são suspeitos e, na maioria das vezes, já passaram por inspeções nos portos do Brasil. Porém, mesmo assim, segundo ele, alguns funcionários burlam o sistema. Igualmente,  rompem lacres para colocar as drogas em seu interior. Assim, com a ajuda de funcionários dos navios, conseguem colocar novamente os lacres para tornar o rompimento dos lacres imperceptível.

Entre os anos de 2021 e 2023, autoridades apreenderam 109,2 de toneladas de cocaína em portos e aeroportos do Brasil. Obtiveram esse e outros dados inéditos  por meio da Lei de Acesso à Informação, que também tiveram divulgação em rede nacional. Os portos de Santos e o de Paranaguá lideram o ranking das apreensões por droga no Brasil com destino a Europa.

Ainda de acordo com informações trocadas entre autoridades brasileiras e europeias, os líderes são dois brasileiros e um servio. Ou seja, que já vêm sendo monitorados desde o ano de 2023. Os dois funcionários devem continuar a contar com a ajuda das autoridades brasileiras para identificar os líderes do grupo e os receptadores.

A companhia que detêm a propriedade do contêiner sofrerá interrogação, enquanto o processo segue em segredo de justiça, até o final da investigação.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa / Divulgação
Fotos: 
Divulgação  / Acervo Pessoal
Edição: Redação Na Mídia

Então, não deixe de ler:Tenor Felipe Menegat realiza show em prol do RS

Alessandra tem passagens por alguns dos maiores veículos de comunicação do estado de São Paulo, como Editora Abril, Folha de São Paulo, Estadão, Diário do Grande ABC e Revista Livre Mercado. Colunista dos portais de notícias Tô na Band e São Paulo em Destaque e está à frente dos portais Economia SA, com foco em negócios, e Viajar SA. É sócia-diretora da Business Group Events, agência 360º, única no mercado que atende desde projetos para redes sociais e artistas até negociação de shows e eventos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile