Início Entretenimento Arte e Cultura Hora do Conto ganha novas histórias no programa CCBB Educativo – Lugares...

Hora do Conto ganha novas histórias no programa CCBB Educativo – Lugares de Culturas

0
Hora do Conto ganha novas histórias no programa CCBB Educativo – Lugares de Culturas
Hora do Conto ganha novas histórias no programa CCBB Educativo – Lugares de Culturas

O mês de junho começa com um conjunto de novidades na programação do CCBB Educativo – Lugares de Culturas, entre elas uma nova seleção de histórias na Hora do Conto com diferentes atrações associadas.

A atividade Hora do Conto selecionou novos contos para a apresentação para “gente grande” (acima dos 12 anos) nos dias 15 e 16 às 17h: “Zóin” e “A Carteira”.

“Zóin” é um texto de Barbara Barbosa sobre um moleque que perde o sono toda noite. Sua mente corre solta e ele só consegue dormir pela manhã, já na hora de acordar. Até que em seu quarto passa a frequentar uma figura feminina misteriosa, que lhe conta histórias até que ele mergulhe no mar de seus sonhos. Porém, um dia, algo de misterioso acontece e os encontros de moleque com sua amiga noturna deixam de acontecer. Agora, ele terá que tomar decisões baseadas em sua coragem para encontrar aquela quem lhe concede o sono, e, mesmo sem saber, seu próprio destino.

Hora do Conto

Também para gente grande é “A Carteira”, um texto de Machado de Assis contado por Gabriele Bornier. Nele, Honório enfrenta um dilema quando encontra uma carteira no meio da rua. Sofre com a dúvida entre quitar uma dívida ou manter a consciência tranquila. Neste conto, Machado de Assis consegue, em poucas páginas, deixar o leitor curioso e aflito. E, como sempre, mostra algo surpreendente no fim.

Já a Hora do Conto para as famílias, será nos dias 15 e 16 às 13h, com o conto apresentado por Maria Antônia Ibraim e Raphael Rodrigues, Sumaúma , uma história repleta de segredos e significados. Uma aventura no coração verde e denso da floresta amazônica, onde um homem se encontra diante de uma decisão crucial sobre derrubar a majestosa Sumaúma, conhecida pelos indígenas como a rainha da floresta. O dilema é: será que ele terá coragem de destruir esse símbolo de grandeza e vida?

As atividades são gratuitas e o CCBB Rio fica na Rua Primeiro de Março, 66 no Centro do Rio.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile