Homenagem póstuma a baronesa Geuza Alvarenga Amaro

Conquistou amizades e relações com mulheres únicas, verdadeiros paradigmas de elegância e charme, dentre elas Carmen Mayrink Veiga.

0
Anúncio Na Mídia

Governo do Estado do Rio prestará homenagem póstuma a baronesa Geuza Alvarenga Amaro

Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro concederá in memoriam o título de Benemérita do Estado a baronesa Geuza.

O Governo do Estado,  também, instalará uma placa de identificação no edifício Alvarenga Amaro, local onde a baronesa viveu parte de sua vida.

A homenagem deve-se ao fato dela ter sido responsável e colaboradora de diversas ações em favor dos menos favorecidos, como o projeto cesta de Natal.

A baronesa faleceu no dia 7 de Outubro de 2017 aos 53 anos após sofrer um enfarto.

Horas depois seu esposo Emi Alvarenga Amaro também faleceria da mesma causa, não resistindo a tamanha perda.

Perto de completar um ano do seu falecimento, municípios como os de São Fidélis, sua cidade natal, Rio de Janeiro e São João de Meriti,  preparam homenagens.

Sobre a Baronesa Geuza

Baronesa Geuza era uma das mulheres mais elegantes da sociedade.

Dedicada às crianças e a caridade, discreta, avessa a badalações e exibicionismos. Fiel ao seu estilo clássico, vestia-se somente com o estilista Heckel Verri.

Era uma das últimas brasileiras a possuir tal titularidade juntamente as baronesas Silvia Amélia de Waldner e Cristina de Wardin.

Conquistou amizades e relações com mulheres únicas, verdadeiros paradigmas de elegância e charme, dentre elas Carmen Mayrink Veiga.

Leia também: Precioso Leilão da Baronesa Geuza Alvarenga Amaro

 

Anúncio Na Mídia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here