Engenharia na Retomada dos Investimentos na FIRJAN

0
Paulo Rabello de Castro e o presidente da ABCE, Mauro Viegas-na midia-claudia cataldi-uiara zagolin

 

Engenharia na Retomada dos Investimentos na FIRJAN.No seminário Internacional de Infraestrutura.

Outrossim, Engenharia na Retomada dos Investimentos na FIRJAN, quem levantou o público com sua verve foi o presidente do BNDES, PAULO RABELLO DE CASTRO na medida que disse coisas que muita gente quer dizer… “

Temos que recuperar nossa brasilidade, nossa auto estima.

E a primeira atitude é desligar a TV portanto.

Consequentemente, temos que reassumir a condição de nosso destino, saindo desta hipnose coletiva.

Esta é a minha visão psicanalítica, consequentemente. 

Porque quem faz conta do financeiro antes de fazer a do econômico do financeiro, erra duas vezes, porque o Brasil tem jeito, definitivamente.

É só fazermos ao contrário do que estamos fazendo.

Afinal quando uma coisa está muito de ponta a cabeça, tem que se fazer o inverso“. Rabello foi aplaudido de pé. Conclusivamente.

Engenharia na Retomada dos Investimentos na FIRJAN

Para finalizar disse:
O BNDES é o único Banco de Desenvolvimento do mundo que não goza de imunidade tributária.

Dessa forma, a Reforma é essencial.

Nosso Banco não é público, é DO público, portanto, estamos aqui para justamente servir vossa mercês.

Finalizou o presidente imediatamente.

Sobre Paulo Rabello de Castro

Paulo Rabello de Castro graduou em 1971 em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) concomitantemente.

É mestre e doutor em Economia pela Universidade de Chicago, onde cursou com os professores Milton Friedman, Gary Becker e T.W. Schultz.

Membro e presidente de 1994 a 1996 da Academia Internacional de Direito e Economia (AIDE).

Foi professor titular neste interim, no Curso de Doutorado da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Criador e coordenador do Grupo de Informação Agrícola no Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da FGV.

Logo depois, foi criador e editor da revista especializada Agroanalysis; redator-chefe da revista Conjuntura Econômica da FGV encarregada, até os anos 1980.

Posteriormente, fundou em 1993 a SR Rating, primeira empresa especializada em rating no Brasil.

Ocupou portanto,  cargos de gestão na ARC Ratings, RC Consultores, Macroconsulting, entre outras, além de participação em entidades profissionais.

Integrou o Comitê de Gestão do Grupo de Líderes Empresariais – Lide, foi conselheiro do Conselho de Economia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

Exerceu a presidência do Conselho de Planejamento Estratégico da FECOMERCIO/SP.

Ex-presidente do Instituto Atlântico e fundador da ONG Instituto Maria Stella.

Coordenou o Movimento Brasil Eficiente, que propõe uma simplificação da carga tributária e mais eficiência dos gastos públicos.

Engenharia na Retomada dos Investimentos na FIRJAN

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here