E OS ANOS SE PASSARAM

E os anos se passaram e a evolução chegou pra ficar. Será?

0
109

E OS ANOS SE PASSARAM.

E OS ANOS SE PASSARAM

Autor Ale Abdo

E os anos se passaram e a evolução chegou pra ficar.
Será?
Às vezes sentimos saudades de uma época mais real onde
não nos preocupávamos com a falta de botões ou sinais.
A simples televisão nos passava informações.
As saudades eram derretidas ao som no fone de uma aparelho de telefone barato ou caro dependendo de quem os tinha.
É inacreditável o quanto o mundo girou e mudou em 40 anos.
Década de 80 eram sonhos impossíveis termos coisas que temos hoje.
Mas imagine se tudo isso acabasse de repente e deixássemos de ter toda essa facilidade.
Uma geração ou duas que nasceram e foram criadas pelos botões e telas entrariam em parafuso total.
Pode acreditar que nós também teríamos enormes problemas.
Como manter nossos trabalhos.
Como pagar nossas contas.
Como determinar o quanto se pode fazer sem ter a ajuda de um mundo cheio de tecnologia.
Será que esse dia chegou?
Todos esperam que não, mas pode acontecer?
Dizem as más linguas…ou linguas preparadas que sim.
E os anos se passaram e o mundo virou um mundo só, globalizado.
Quedas de pontes ou montanhas não são determinantes, mas a queda de uma internet e redes sociais é o fim do mundo.

O que fazer?
Não dá nem pra dizer o que exatamente.
Tiraram o analógico pq o digital tomou conta.
E agora? Como conversar e falar e solucionar isso tudo se nao temos fios correndo por variadas ruas e passagens.
E chegou a hora da verdade.
A hora do quanto se pode pagar para ter a solução.
Pagar com palavras, a vida ou com o total desprezo a essa evolução louca que passamos.
E os anos se passaram.
Passaram.
E vão ficar como nesse mar de indecisões?
E as totais instabilidades como hoje e possíveis momentos futuros podem trazer no dia a dia das pessoas.

E os anos se passaram.
Passaram e ficaram no passado e jogaram a chave fora onde guardaram baús de fios e tralhas do passado.
E agora?
Não dá pra saber.
Acho que somente Deus tá vendo essa confusão gigante que tudo isso pode se tornar.
Um salve-se quem puder.
Geral.
Total.
Irrestrito.
E assim caminha a humanidade.
Sem rumo ou a solução vai existir?
Esperemos que sim.

 

 

 

 

Fonte: Divulgação
Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal
Edição: Redação Na Mídia

Então, não deixe de lerBicentenário do nascimento de Anita Garibaldi

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui