CAMPANHAS ESPECIAIS PARA OS IDOSOS

0
CAMPANHAS ESPECIAIS PARA OS IDOSOS

CAMPANHAS ESPECIAIS PARA OS IDOSOS.

SESC SÃO PAULO PROMOVE CAMPANHAS ESPECIAIS PARA OS IDOSOS

Entre os dias 15 e 30 de junho, unidades da capital, interior e litoral terão  programação voltada para a Campanha de Conscientização

da Violência Contra a Pessoa Idosa e a Semana de Prevenção de Quedas

Foto: Gal Oppido

 

Durante o mês de junho, unidades do Sesc na capital paulista, interior e litoral terão em suas programações atividades para promover campanhas especiais dedicadas ao público idoso.

Durante o período de 15 a 22 de junho, o espaço será dedicado à campanha de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa: “Violências veladas – A violência que não é percebida é violência?”.

No período de 23 a 30 de junho acontecerá a Semana de Prevenção de Quedas em Pessoas Idosas: Um passo de cada vez, não caia em armadilhas”.

“Dois temas de grande importância, voltados ao bem-estar e à qualidade de vida do idoso, são trabalhados por meio de atividades práticas e teóricas.

CAMPANHAS ESPECIAIS PARA OS IDOSOS

Visando à reflexão e à percepção de que o cotidiano pode incluir riscos aos mais velhos, “a campanha de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.

Assim como,  a Semana de Prevenção de Quedas em Pessoas Idosas”  têm o objetivo de alertar para o cuidado que a sociedade deve ter para com esta parcela da população.

Dessa forma  garantir a eles possibilidades de prolongar sua participação, autônoma e cidadã”, afirma o diretor regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda.

CAMPANHA CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA

O tema violência passou a ganhar evidência após a Organização das Nações Unidas (ONU).

Dessa forma, em parceria com o International Network for the Prevention of Elder Abuse (INPEA).

Portanto, declarar o dia 15 de junho como o “Dia Mundial de Conscientização da Violência à Pessoa Idosa”,com o objetivo de sensibilizar a sociedade civil, estimulando mudanças.

Justamente, de comportamento para que as futuras gerações possam estar atentas em relação às diversas formas de violência contra os idosos.

Já que muitas delas não são percebidas como violência nem pelos idosos nem por quem as pratica.

Outrossim, tais como negligência, abuso financeiro, excesso de cuidados (infantilização) e abandono.

Fonte: Cristina Indio do Brasil/Agência Brasil

Leia também: Lançamento de selos comemorativos pelos Correios

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here