CALVIN KLEIN no NEW YORK FASHION WEEK

0
CALVIN KLEIN-NEW YORK FASHION WEEK-na midia-uiara zagolin
CALVIN KLEIN 205W39NYC | Social | NYFW
anexos_checkurl.jpg?fd=0&tipoimg=web&newsid=321118&anexoid=730236&usuid=1718638&usu=ovadiasaadias%40terra.com.br&log=0

Aconteceu ontem, 7 de setembro, o desfile da CALVIN KLEIN. Segunda coleção com o estilista Raf Simons no comando criativo da marca, na loja da marca em Nova Iorque, durante o New York Fashion Week

Passaram pelo evento celebridades como a atrizes Millie Bobby Brown, Lupita Nyong’o, Kate Bosworth e Christina Ricci o ator Jake Gyllenhaal, Kylie Maclachlan e os premiados atores de Moonlight, Mahershala Ali, Ashton Sanders e Trevante Rhodes, o apresentador do The Daily Show, Trevor Noah, Brooke Shiedls, Paris Jackson, a top model Karlie Kloss, entre outros presentes.

 

CALVIN KLEIN

Na sua adolescência, Klein aprendeu sozinho a costurar e a fazer esboços de roupa, tendo sido muito influenciado pela mãe e pela avó, grandes clientes de lojas de vestuário. Assim, começou por vestir as bonecas da irmã, para depois se aventurar a fazer vestidos para a mãe, usando uma máquina de costura que a avó o ensinou a utilizar.

Fez parte do primeiro time de estilistas que desenharam a moda dos Estados Unidos no século XX. Formou-se no na Fashion Institute of Technology, em 1962. Durante os cinco anos seguintes, trabalhou para diversos confeccionistas especializados em costumes masculinos e casacos, até que em 1968 resolveu abrir seu próprio negócio.

Klein vendia suas roupas em pequenas quantidades para grandes lojas de departamentos, e foi em uma delas, a Bonwit Teller, que recebeu sua primeira grande encomenda: um alto executivo da casa o viu empurrando pelo corredor uma arara de roupas, gostou do que viu e fechou um negócio de US$ 50 mil. A partir daí, ele foi se aperfeiçoando na arte de confeccionar roupas masculinas, especialmente paletós, casacos e blazers. Logo, fazia também roupas para as mulheres.

Suas linhas clássicas e suaves começaram então a aparecer em coleções sportswear. Cada novo lançamento seu transformava-se em sucesso. Com a sobriedade como sua marca registrada, ele foi caminhando para uma criação cada vez mais sofisticada, sempre respeitando os conceitos de harmonia de proporções. Com os jeans, Calvin Klein tornou-se um verdadeiro mito – ter um ‘Calvin’ passou a ser um sonho mundial de consumo.

Calvin Klein atualmente

Hoje a marca bilionária vende roupas, perfumes e acessórios para o mundo inteiro, produtos que são sonho de consumo para muitas pessoas. Suas campanhas publicitárias sempre recebem atenção especial de agências que têm como missão deixar explicita sua imponência no mercado mundial. Com preços elevados, as roupas têm um público seleto e exigente, por isso que o designer tem sempre a inovar a cada nova coleção. A grife tem lojas em mais de 100 países, incluindo diversas unidades no Brasil, geralmente instaladas em luxuosos shoppings centers.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here