Bastidores do show ‘Luan City 2.0’

Diretor artístico responsável pelo show intitulado ‘Luan City 2.0’, gravado no estádio do Mineirão comenta detalhes e curiosidades do espetáculo musical

0
245

Bastidores do show ‘Luan City 2.0’.

Kley Tarcitano comenta sobre bastidores e a produção técnica da gravação de novo DVD de Luan Santana

Diretor artístico responsável pelo show intitulado ‘Luan City 2.0’, gravado no estádio do Mineirão comenta detalhes e curiosidades do espetáculo musical

O show realizado pelo cantor Luan Santana, recentemente, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, para gravação do DVD intitulado “Luan City 2.0”, marca a cena musical brasileira, com um dos eventos de maior grandiosidade no país. Com público superior a 65 mil pessoas, o novo projeto de cantou contou com mais 500 profissionais envolvidos para a realização do espetáculo.

Durante a apresentação, Luan apresentou aos fãs com exclusividade a música “Deus É Muito Bom”, com lançamento oficial, no próximo dia 24 de abril, às 21 horas em todas as plataformas. Com exclusividade, o diretor artístico Kley Tarcitano, responsável pela produção do grande evento, comenta curiosidades sobre a estrutura utilizada e detalhes da participação dos fãs do artista, durante a gravação.

Bastidores do show ‘Luan City 2.0’

Bastidores do show ‘Luan City 2.0’

“Este foi o meu primeiro show no Brasil. Comecei no estádio do Mineirão com um projeto desta magnitude e com um artista tão incrível, como o Luan. Para mim um momento sublime e muito especial. Os fornecedores de luz me apontaram que nunca havia visto tantos equipamentos reunidos em um mesmo local e sincronizado para um mesmo espetáculo. Apenas em laser com 50 mil watts de potência, tínhamos 20 para o efeito de riscar os céus do estádio. Foram efeitos especiais de fazer inveja a superproduções americanas”, explica o diretor.

O diretor explica, que certos equipamentos utilizados para gerar a máxima imersão durante a gravação, como a câmera ‘Spider’, são utilizados apenas para grandes eventos como a Copa do Mundo e em alguns shows internacionais de grande magnitude, como a do Coldplay. No Brasil, o Luan foi pioneiro no uso deste equipamento e mostra o objetivo do cantor de trazer a maior qualidade possível aos fãs.

“Não apenas equipamentos, mas a equipe era muito grande. No palco havia cerca de 100 pessoas fora o Luan, entre banda e diversos dançarinos que faziam uma dança sincronizada. O show foi pensado para ser histórico e de proporções enormes, e esse tamanho ficou bastante retratado no DVD que logo estará disponível para o público”, finaliza Tarcitano.

 

 

 

Fonte: Davi Brandão
Edição: Redação Na Mídia
Fotos: Divulgação 
Leia ainda: O Empoderamento da Mulher através do Tempo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui